18/03/2015

16:54

Por: Alberto Silva

“Se não for pra apoiar saiam do governo” Disse Cid Gomes aos deputados oportunistas

"Larguem o osso, saiam do governo", foi o apelo feito pelo ministro da Educação, Cid Gomes, aos deputados "oportunistas", que possuem cargos na administração federal, mas não dão apoio ao governo no Congresso, em fala na tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (18).

No último dia 27, Gomes, afirmou em uma palestra a estudantes da Universidade Federal do Pará, que a casa tem de 300 a 400 parlamentares “achacarem”

De acordo com informações do portal “G1”, o ministro abriu a declaração na Câmara, confirmando que fez tal declaração, mas se justificou afirmando que era uma opinião pessoal e não profissional.

A situação causou alvoroço na Casa e diversos deputados tentaram interromper o discurso de Cid Gomes, com gritos.

A situação também causou irritação no ministro, que chegou a apontar para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmando preferir ser acusado de ser “mal educado”, do que ser acusado de “achacar” empresas, na Operação Lava Jato.

O líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), protestou e afirmou não reconhecer a autoridade de Gomes para tecer críticas ao Parlamento.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

68

Clique aqui