03/07/2015

17:58

Por: Alberto Silva

“prazo de validade” de Dilma no poder expira no próximo dia 14, diz senador

Pelo menos para o senador Cassio Cunha Lima (PSDB), Dilma está com seus dias no poder contatos, e o grande vilão para a presidente é o dono da UTC, aquele que ela disse que “não respeita” após divulgação de delação em que Ricardo Pessoa, dono da UTC afirmou ter entregue propina para campanha eleitoral de Dilma.

Josias de Souza-UOL – “Em discurso feito na tribuna do Senado na noite passada, o senador paraibano Cássio Cunha Lima, líder do PSDB, tratou Dilma Rousseff como uma presidente em estado terminal. Lembrou que o empreiteiro-delator Ricardo Pessoa, dono da UTC, vai depor em 14 de julho na ação em que o TSE investiga se houve irregularidades na campanha da presidente petista. E relatou o cenário esboçado pelo tucanato: “Acreditamos firmemente que, já no próximo semestre, haverá o julgamento que poderá cassar o diploma da presidente Dilma Rousseff e o do vice-presidente Michel Temer. Assume, pelo comando constitucional, por três meses, o presidente da Câmara.” Nesse vaticínio, Eduardo Cunha teria 90 dias para convocar novas eleições, como prevê a Constituição para os casos de interrupção dos mandatos executivos nos primeiros dois anos de governo.”

Faltam 11 dias…

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

50

Clique aqui