19/04/2015

18:37

Por: Alberto Silva

Pratto faz dois, Atlético-MG vira sobre o Cruzeiro e vai à final do Mineiro

O Atlético-MG está na final do Campeonato Mineiro. Neste domingo, o clube alvinegro saiu atrás do Cruzeiro, mas contou com dois gols do iluminado centroavante Lucas Pratto para virar e vencer por 2 a 1 em pleno Mineirão, eliminando o rival.

Os cruzeirenses abriram o placar com o uruguaio De Arrascaeta, que voltou a marcar no clássico. Ele aproveitou jogada de raça de Willian, que recuperou bola quase perdida na direita e cruzou. Após cabeçada, o gringo completou rebote dado por Victor e mandou para as redes.

O empate atleticano saiu no início do segundo tempo. Guilherme lançou e achou Pratto quase na pequena área. Com um lindo chute de voleio, o argentino venceu Fábio e igualou.

Aos 25, Fabiano deu uma cotovelada no rosto de Carlos e foi expulso pelo árbitro Heber Roberto, deixando os celestes com um a menos nos quase 30 minutos finais.

E o castigo veio aos 43 minutos, em mais uma jogada de Guilherme. O atacante, que entrou no segundo tempo no lugar de Leandro Donizete, cruzou da esquerda e achou Pratto livre na pequena área. O argentino fuzilou Fábio de cabeça e fez explodir a torcida do “Galo”. Os cruzeirenses reclamaram de falta na origem da jogada.

No último minuto, Thiago Ribeiro por muito pouco ainda não fez seu primeiro com a camisa atleticana. Ele mandou de fora da área, mas a bola explodiu na trave.

Na final, o Atlético encara o vencedor do confronto entre Caldense e Tombense.

O jogo

Logo aos três minutos, Dátolo conseguiu invadir a área celeste pela direita, rolando a bola para Carlos. Mas o jogador acabou perdendo o lance para a zaga do Cruzeiro. Pouco depois, Damião recebeu um arremesso de lateral na grande área e, bem posicionado, tentou buscar algum colega para tocar a bola, mas não havia ninguém disponível. Numa tentativa de contra-ataque, Carlos César arrancou pela esquerda e cruzou para Pratto, que arriscou de primeira, mirando o canto esquerdo de Fábio. A bola acabou indo para fora, embora tenha assustado a zaga celeste.

Com 11 minutos, veio o gol do Cruzeiro. Em boa jogada, Willian tirou a bola na lateral e cruzou para a área atleticana. Victor espalmou, mas a redonda sobrou nos pés do uruguaio De Arrascaeta, que aproveitou a sobra para balançar as redes do rival. A partir deste lance, o Atlético reagiu em campo, apresentando uma postura mais ofensiva e chegando à área o tempo todo, mas pecando na hora da finalização, principalmente nas jogadas de Carlos.

Aos 25, Pratto deixou Henrique e Fabrício para trás, em uma boa jogada, e acabou levando uma entrada de Fabrício próximo à área. O Atlético precisou realizar a cobrança duas vezes. A chance. Com 30 minutos, Dátolo cobrou escanteio e Carlos recebeu na área, cabeceando em direção ao gol. Mas o arqueiro celeste conseguiu salvar o lance.

Na volta do intervalo, as duas equipes voltaram em ritmo mais equilibrado. Ambos criaram chances para contra-atacar. Em uma das oportunidades, aos 9 minutos, Lucas Pratto aproveitou para igualar os marcadores no Mineirão. O argentino trocou passes com Guilherme até chegar na área celeste e mandou a bola por cima de Fábio, marcando o tento do “Galo” na partida. No minuto seguinte, Fabiano cruzou para Arrascaeta, que fez um voleio na área do Atlético, mas errou na finalização. Os lances que se seguiram intercalaram boas atuações de ambos os times. Com 25 minutos, Fabiano foi expulso por dar uma cotovelada em Carlos.

Aos 40 minutos, Damião foi atingido por Edcarlos na área do Atlético. O árbitro Héber Roberto Lopes mandou seguir com o jogo, mas o atacante ficou caído na área pedindo por pênalti. Pouco depois, aos 44, Pratto virou o placar para o Atlético. O argentino recebeu um cruzamento de Guilherme e cabeceou, dando a vitória ao time alvinegro.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Campeonato Mineiro 2015 – Semifinal – Volta

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Data: 19 de abril de 2015, domingo

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes

Assistentes: Kleber Lucio Gil e Bruno Boschilia

Cartões amarelos: Willian e De Arrascaeta (CRU); Douglas Santos e Victor (ATL)

Cartão vermelho: Fabiano (CRU)

GOLS

CRUZEIRO: De Arrascaeta, aos 11 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Pratto, aos 9 e aos 43 minutos do segnudo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Fabiano Léo, Paulo André e Fabrício; Willians, Henrique, Alisson (Marquinhos) e De Arrascaeta (Mayke); Willian (Mena) e Leandro Damião Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Guilherme), Rafael Carioca, Luan e Dátolo (Eduardo); Carlos (Thiago Ribeiro) e Pratto Técnico: Levir Culpi

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

75

Clique aqui