03/04/2015

19:10

Por: Alberto Silva

PF apreende helicóptero e carros de luxo de prefeito do PSDB no RJ

O prefeito de Itaguaí, Luciano Carvalho Mota (PSDB), foi afastado pela Justiça para que sejam apuradas irregularidades em licitações e desvios de verbas públicas, além dos crimes de responsabilidade, fraude à licitação, associação criminosa, lavagem de dinheiro e crime ambiental, entre outros delitos. A determinação é do desembargador federal Paulo César Morais Espírito Santo, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF).

Foram afastados também os secretários de Assuntos Extraordinários do prefeito, Amaro Ferreira Gagliardi, de Turismo, Ricardo Luis Rosa Soares, de Transportes, Alex de Lucena Barboza, e os policiais militares Márcio Soares de Oliveira e Silvio Siqueira Silva, que trabalhavam fazendo a segurança de Luciano. No lugar dele, deve assumir o vice, Weslei Pereira.

Na mesma medida, o magistrado ordenou também que fossem apreendidos um helicóptero e três carros que pertenceriam ao prefeito, supostamente adquiridos com dinheiro desviado dos cofres públicos: um Porsche Panamera modelo 2012, um Mercedes Benz AMG, modelo 2011, e um BMW X-6, modelo 2014.

Os acusados, segundo informa a medida cautelar, são investigados por esquema de fraudes em concorrências para a contratação de prestadores de serviços. Inclui ainda na acusação o pagamento de R$ 400 mil em propina, que garantiria a contratação de empresa escolhida pela quadrilha.

Ainda no texto da decisão, o esquema comandado por Luciano poderia signigicar uma fraude que envolveria a prestação de serviços de coleta seletiva de lixo hospitalar, e a varrição de vias e logradouros públicos, gerando despesa mensal de R$ 2,4 milhões para os cofres de Itaguaí.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

62

Clique aqui