09/09/2015

13:25

Por: Alberto Silva

Para Vice-Presidente TEMER a solução e aumentar impostos da ‘Gasolina’ em todos os estados

O vice-presidente da República, Michel Temer, defendeu nesta terça-feira (08) que uma proposta de criação de receita para evitar um déficit das contas públicas no ano que vem deve partir do governo federal, não do Congresso Nacional. Em jantar com ministros, parlamentares e governadores do PMDB, o peemedebista afirmou que é papel do Poder Executivo propor, se houver a necessidade, um aumento da atual carga tributária.

Segundo os presentes, Temer relatou conversa que teve com o ex-ministro Delfim Netto sobre a ideia de aumentar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), imposto cobrado sobre combustíveis. No discurso, ele afirmou que ficou impressionado com a proposta, mas evitou fazer uma defesa pública da ideia. Ao ter evitado defender o aumento da Cide, a impressão de peemedebistas que estavam no encontro é de que o vice-presidente recuou do aumento da tarifa após conversa com a presidenta Dilma Rousseff.

O governador José Ivo Sartori participou do encontro no Palácio do Jaburu, em Brasília. “Vou seguir defendendo o Estado. Essa foi mais uma oportunidade para reforçar junto ao vice-presidente Michel Temer a gravidade da situação financeira do Rio Grande do Sul. Os demais governadores também trataram da situação em seus Estados e se mostraram solidários aos gaúchos. Defendi, principalmente, que a sociedade não pode ser penalizada. As medidas de ajuste fiscal são uma questão de necessidade”, disse Sartori.

LEI AS NOTÍCIAS DE SÃO PAULO => PENSA S. PAULO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA SUA FAMÍLIA => MEU MAIOR PATRIMÔNIO 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

110

Clique aqui