23/06/2015

08:44

Por: Alberto Silva

Obama usa termo pejorativo em argumento sobre racismo nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, motivou nesta segunda-feira uma onda de debates nas redes sociais ao utilizar um termo racista numa entrevista publicada on-line na qual discutia as relações de raça após os recentes assassinatos de fiéis negros na Carolina do Sul.

“Não é apenas uma questão de não ser educado dizer ‘nigger’ (maneira ofensiva de se referir a negros nos EUA) em público. Não é uma questão de se o racismo ainda existe ou não. Não é apenas uma questão de discriminação evidente”, disse Obama, primeiro presidente negro do país, ao apresentador do podcast “WTF”, Mark Maron, em uma conversa de uma hora.

A palavra tem uma longa história nos EUA e quase nunca é utilizada em comentários públicos, particularmente de políticos, e o uso dela por Obama acontece em um momento no qual muitos norte-americanos buscam respostas para a luta do país contra o racismo.

O porta-voz da Casa Franca, Josh Earnest, em comentários diários a jornalistas nesta segunda-feira, disse que Obama quis ser provocativo ao utilizar a palavra, assim como para ilustrar um argumento mais amplo.

“Reconheço que a maneira como o presidente projetou seu argumento neste cenário é mais provocativa”, disse Earnest, deixando claro que Obama não se arrependia de sua escolha.

Ele não foi o primeiro presidente norte-americano a utilizar a palavra em tempos modernos. Mas, ao passo que Obama o fez em público, tentando ilustrar um argumento sobre a persistência do racismo, vários dos homens brancos que o precederam na Casa Branca utilizaram o termo de forma privada e em tom de descrédito racial.

(Por Julia Edwards e Matt Spetalnick)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

63

Clique aqui