12/08/2015

13:23

Por: Alberto Silva

O Global “José de Abreu”, ator do programa do PT diz que “Panelaço” é coisa de rico, minoria

O ator da Globo José de Abreu, um dos maiores defensores de nomes como o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente Lula, ambos do PT, entrou em mais uma polêmica.
Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o 'animar de teta' deu sua opinião sobre os panelaços durante os pronunciamentos da presidente Dilma Rousseff em cadeia nacional no rádio e na TV.

“Antes, na América Latina, os pobres batiam panela porque passavam fome. Um rico que bate panela não tem o mesmo simbolismo. Está transformando ela num penico”, afirma. O ator narrou um vídeo do programa partidário do PT que ironiza o panelaço. Na produção, o PT afirmava que gosta mesmo é de “panela cheia”. O vídeo foi veiculado na semana passada, no mesmo período em que José de Abreu estava na cidade de Paris, na França.

“Foi uma coincidência. Tive duas semanas de folga e fui resolver coisas de um filme que estou produzindo lá”, diz o ator. O global também justificou sua ausência do Twitter pouco antes da exibição do programa do PT na televisão. “Não tava a fim de levar porrada à toa. Já me dão sem fazer programa do PT, imagina fazendo. Mas depois eu volto, pra falar de novela, essas coisas”. José de Abreu deve participar da nova novela das nove da Globo, “A Regra do Jogo”. (Via Diário de Pernambuco)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

109

Clique aqui