06/10/2015

15:04

Por: Alberto Silva

“O aprediz de Lula” Edinho presta depoimento a PF e diz “Não sei de nada”

Ministro negou ter feito pressão para que Ricardo Pessoa fizesse doações eleitorais ao PT

O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, prestou depoimento à Polícia Federal nesta segunda-feira, no âmbito da Operação Lava Jato. O ex-tesoureiro da campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff foi ouvido na Superintendência da PF no Distrito Federal como parte de um inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no mês passado sobre doações de campanha com dinheiro desviado no esquema do petrolão. Na ocasião, o STF também autorizou que o ministro Aloizio Mercadante (Educação) e o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) fossem investigados.

Edinho foi citado pelo empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, em depoimento prestado após acordo de delação premiada. Pessoa declarou que foram feitos repasses milionários para as campanhas eleitorais de Mercadante ao governo paulista, em 2010, e para a campanha de reeleição da presidente Dilma. O dinheiro também teria sido repassado para a campanha do senador tucano Aloysio Nunes. Segundo a emissora GloboNews, o ministro negou à PF ter feito pressão para que Pessoa fizesse doações eleitorais ao PT. O ministro já disse em outras ocasiões que as doações recebidas para a campanha da presidente foram legais.

(Com agência Reuters)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

83

Clique aqui