29/11/2015

21:37

Por: Alberto Silva

“Nunca na história desse país” STF vai manter banqueiro atrás das grandes, cadeia nele!

O Supremo Tribunal Federal decidiu neste domingo manter presos o banqueiro André Esteves e o chefe de gabinete do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), Diogo Ferreira. Com o fim do prazo da prisão temporária, de cinco dias, o ministro do STF Teori Zavascki, encarregado da investigação, converteu de temporárias para preventivas as prisão de Esteves e Ferreira, detidos pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Mais cedo, o advogado de defesa de Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, havia feito umapetição ao STF para que a prisão temporária, emitida em 25 de novembro, não fosse prorrogada. Ele aguardava que o banqueiro fosse liberado neste domingo.

O banqueiro foi preso por suspeita de que teria agido para obstruir uma investigação sobre possíveis subornos apurados pela operação Lava Jato. Castro negou as acusações, que incluem conspiração com o líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), preso naquela mesma data, para evitar que uma testemunha-chave do maior escândalo de corrupção do país, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, envolvesse o banqueiro no caso. O ministro do STF afirmou, com base em documentos do MPF, que o senador teria oferecido ajuda financeira mensal de 50 mil reais à família de Cerveró, também um dos acusados no escândalo de corrupção. O pagamento, segundo o MPF, seria feito por Esteves, do BTG Pactual.

(Via Veja e agências) 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101