24/08/2015

14:14

Por: Alberto Silva

No fundo do Poço, barril de petróleo volta a cair é o menor preço em 6 anos

Os preços do petróleo recuaram mais de 4% nesta segunda-feira, para uma nova mínima de seis anos e meio, depois que os mercados de ações da China sofreram a maior queda diária desde a crise financeira global, aumentando os temores sobre as perspectivas para a demanda global por combustíveis.

As bolsas de valores da China despencaram mais de 8% nesta segunda, refletindo a frustração de investidores após Pequim não anunciar novos estímulos no fim de semana mesmo depois do recuo de 11% da semana passada.

“A queda de hoje não é relacionada aos fundamentos do mercado de petróleo. É tudo sobre a China”, disse o analista sênior de petróleo do Commerzbank Carsten Fritsch, em Frankfurt.

O petróleo já tinha sofrido fortes quedas na sexta-feira, contudo o movimento foi creditado não só à desaceleração da China, mas também ao excesso de oferta.

Às 8h48 (horário de Brasília), o petróleo Brent recuava US$ 1,62, ou 3,56%, a US$ 43,84 por barril. O petróleo dos Estados Unidos caía US$ 1,41 dólar, ou 3,49%, para US$ 39,04 por barril.

O Brent tocou mínima de US$ 43,28, menor nível março de 2009. Já o petróleo norte-americano chegou a ser negociado a US$ 38,69 mais cedo.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

56

Clique aqui