07/03/2017

22:43

Por: Amaral

Mulher de jogador detona goleiro Bruno: “Covardia é covardia e ponto”, VEJA…

A mulher do jogador Leo Moura falou mal de Bruno nas redes sociais.

A esposa do jogador lateral-direito Leonardo Moura, Camila Moura, usou o seu Facebook, nesta semana, para expressar toda a sua raiva e indignação com a liberdade concedida recentemente ao goleiro Bruno, que foi companheiro de campo de Leo por muitos anos enquanto jogava no Flamengo.

Em uma conversa com os seus seguidores, Camila detonou Bruno e também garantiu que ele e Leo nunca foram amigos: “Amigos eles nunca foram. Colegas de trabalho sim. Cada um responde por si. Covardia é covardia e ponto”, acabou respondendo para uma seguidora.

“Eu não entendo as leis, não entendo pessoas que falam que já cumpriu (pena)… não entendo! Como mãe e filha eu não consigo ver o caso dele e não me indignar! Tinha que sair e não poder mais jogar (ser idolatrado) até pq o futebol é um esporte de ídolos e nossos filhos não merecem um ídolo desse… Ele tem que viver como um “trabalhador normal, sem ostentação!”, acrescentou Camila em seu texto.

Em uma conversa com os seus seguidores, Camila detonou Bruno e também garantiu que ele e Leo nunca foram amigos: "Amigos eles nunca foram. Colegas de trabalho sim. Cada um responde por si. Covardia é covardia e ponto", acabou respondendo para uma seguidora.

Bruno e o jogador Leo Moura acabaram conquistando vários títulos juntos no Flamengo. O mais importante deles foi o Campeonato Brasileiro de 2009.

Segundo o Wikipédia, Bruno Fernandes das Dores de Souza (Ribeirão das Neves, 23 de dezembro de 1984) mais conhecido como Goleiro Bruno é um futebolista brasileiro que atua como goleiro atualmente está sem clube . Foi preso em 2010 por participação no sequestro e assassinato de Eliza Samudio, modelo com quem havia se envolvido, e em 2013 foi condenado a 22 anos e três meses de prisão. Em fevereiro de 2017, após seis anos e sete meses preso, Bruno conseguiu habeas corpus por uma liminar deferida pelo ministro do STF Marco Aurélio Mello.

A liberdade de Bruno gerou muita confusão nas redes sociais, causando indignação por parte de alguns e outros acham que ele tem direito de recomeçar sua vida.

(Via Agência de Notícias)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

114