04/07/2016

07:52

Por: Alberto Silva

MP consegue provas de que Lula cometeu crime de tráfico de influência

Uma mensagem apreendida pela Polícia Federal no celular do empresário Léo Prinheiro, , sócio da OAS, diz que a empreiteira conquistou uma obra de cerca de R$ 1 bilhão na Guiné Equatorial “com ajuda do Brahma”.

Segundo a Lava Jato, “Brahma” é o codinome usado por Léo Pinheiro para se referir ao ex-presidente Lula.

Agora prestem atenção neste trecho da Folha de S. Paulo:

Dilma visitou a Guiné Equatorial naquele mês, perdoou uma dívida de R$ 27 milhões do país, mas não há notícias de que tenha atendido o desejo do executivo da OAS.

A mensagem foi enviada em 31 de janeiro de 2013 por Jorge Fortes, diretor de Relações Institucionais da OAS em Brasília naquela época, para Pinheiro.

Dilma visitou a Guiné Equatorial naquele mês, perdoou uma dívida de R$ 27 milhões do país, mas não há notícias de que tenha atendido o desejo do executivo da OAS.
Ao que tudo indica, Dilma pode ter cometido o mesmo crime de tráfico de influência, e o que agrava, é que pode ter sido acompanhado por um crime de lesa-Pátria.

Ou vocês acham que o perdão da dívida não esta relacionado com a conquista da obra e o pagamento de propina ?

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

103