24/06/2016

14:33

Por: Alberto Silva

Ministro de Temer assina canal pornô com dinheiro público

Em nota, o ministro informou que contratou o pacote porque era o único que disponibilizava sistema de gravação da TV Câmara e negou ter acessado o canal erótico.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, pagou, com dinheiro da Câmara para o seu gabinete funcional em Recife, um pacote de TV a cabo que tinha direito à 11 canais de cinema (Telecine e HBO) e um canal adulto (Sex Zone).

No site da operadora o canal Sex Zone se define como O canal adulto mais quente da TV mostra produções inéditas e atrevidas, em alta definição, para não passar nenhum detalhe. Sexo solitário, em dupla, em trio ou em grupo. Sexo hetero, homo e bissexual. Pra apimentar a vida sexual de quem gosta de sexo proibidão”.

Em nota, o ministro informou que contratou o pacote porque era o único que disponibilizava sistema de gravação da TV Câmara e negou ter acessado o canal erótico. A operadora, contudo, informou que existiam outros pacotes na época, inclusive em preços mais baratos. Além disso, a própria Câmara disponibiliza, gratuitamente, os vídeos com atuações parlamentares. Basta o deputado solicitá-los à Câmara.

“O canal adulto mais quente da TV mostra produções inéditas e atrevidas, em alta definição, para não passar nenhum detalhe.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101