13/07/2016

19:30

Por: Alberto Silva

Michel Temer assume “Eu, minha esposa e meu filho estamos chorando, não aguentamos mais” disse que vai jogar a toalha

O presidente em exercício se queixou da repercussão do afastamento de Dilma e da posse como interino em sua vida pessoal.

Michel Temer diz que não sabia de propina a caciques do PMDB e reclama de protestos contra ele: “Outro dia, um grupo se postou em frente à minha casa e começou a gritar, assustando minha mulher e meu filho. Os dois ficaram chorando… Foi muito desagradável”

Em entrevista à revista Veja sobre as acusações sofridas pela cúpula do PMDB, após as delações de Sérgio Machado, e as perspectivas para a aprovação definitiva do impeachment de Dilma Rousseff no Senado, Michel Temer diz não acreditar que sua gestão será implicada pela Operação Lava Jato, apesar de três ministros já terem caído — dois por estarem diretamente ligados às investigações de corrupção levadas a cabo pela Polícia Federal e um por ter feito críticas aos trabalhos da PF.

Temer diz tampouco se sentir ameaçado pelo avanço da Lava Jato em direção aos principais líderes do PMDB. Ao ser questionado sobre as suspeitas de pagamento de propina aos caciques José Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá, enquanto ele presidia o partido, Temer banca o Lula:

“Eu cuidava das doações oficiais. Nunca soube que alguém pudesse dar verbas fora da doação oficial. E são afirmações que merecem comprovação, não são definitivas, têm de ser comprovadas”, disse.

Temer diz tampouco se sentir ameaçado pelo avanço da Lava Jato em direção aos principais líderes do PMDB. Ao ser questionado sobre as suspeitas de pagamento de propina aos caciques José Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá, enquanto ele presidia o partido, Temer banca o Lula

O presidente em exercício se queixou da repercussão do afastamento de Dilma e da posse como interino em sua vida pessoal. Ele falou em “campanhas” contra ele, tendo em vista “a perspectiva do retorno” da petista:

“Outro dia, um grupo se postou em frente à minha casa e começou a gritar palavrões, assustando minha mulher e meu filho. Os dois ficaram chorando… Foi muito desagradável”, afirmou.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

106