08/10/2018

15:07

Por: Guilherme Silva

Mestre de capoeira é morto com 12 facadas após dizer quem votou no PT, em Salvador

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Mestre de capoeira é morto com 12 facadas após dizer quem votou no PT, em Salvador




aqui

Uma tragédia aconteceu em Salvador, na Bahia, após um homem não se conformar com o comentário

de uma outra pessoa num bar. A vítima que foi morta com 12 facadas nas costas, na madrugada desta

segunda-feira (08), teria comentado que votou no candidato à Presidência da República, Fernando

Haddad (PT) e o agressor não teria gostado desse comentário e deferiu os golpes.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), o assassino teria




chegado ao bar gritando que apoiava Jair Bolsonaro (PSL). O mestre de capoeira, conhecido como

Moa do Katende, irritou o agressor e disse que naquele bar as pessoas gostavam do PT.

Foi aí que o pior aconteceu. Ele deferiu 12 facadas nas costas de Moa, que infelizmente, não resistiu.

Um amigo do mestre de capoeira tentou ainda ajudá-lo dos ataques, mas não conseguiu êxito. Vale




ressaltar que, segundo as informações, o assassino e a vítima não se conheciam.

A comoção nas redes sociais foi enorme. Vários amigos e familiares de Moa afirmaram que ele era

uma excelente pessoa. Ele defendia a cultura, o povo negro e lutava por mais dignidade na vida do

pobre. A tristeza foi imensa e tudo por uma discussão banal.

Ela estava atravessando uma faixa de pedestres, quando uma moto parou para a sua travessia.




Entretanto, um carro que vinha atrás, passou pela moto e não teria percebido que a senhora de 64

anos estava passando. O carro atingiu a vice-prefeita que foi socorrida, mas faleceu na Unidade de

Saúde. O carro que a atingiu chegou a capotar.

O prefeito tucano Leocir Hanel confirmou a morte dela e lamentou o ocorrido. Paulina chegou a

trabalhar para os candidatos da coligação do partido no qual é filiada, o PSD.

Pessoas passaram mal

111111111

Muitas pessoas acabaram passando mal no local de votação e perderam suas vidas. Segundo informou

o portal G1, uma senhora de 66 anos morreu logo após votar no Colégio Estadual Félix de Almeida, em

Itumbiara. Neuza Maria Leite teria passado mal após a votação. Ela chegou a sair da escola, colocou a

mão no peito e caiu no chão.




Bombeiros foram acionados, mas infelizmente nada pôde ser feito. Não será realizada investigação

na morte  dela, pois foi por causa natural, segundo informou a Polícia.




Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

29
PENSA BRASIL NOTÍCIAS