17/04/2015

07:24

Por: Alberto Silva

Menina de 9 anos raptada e morta choca a França

Bastou alguns segundos para que uma menina de apenas nove anos fosse raptada, estuprada e assassinada, em pleno dia, perto do parque infantil onde brincava em Calais, interior da França, com outras crianças, praticamente diante dos olhos da mãe. Segundo relatório dos policiais que investigam o caso, Chloé brincava com uma amiga, na tarde desta quinta-feira, quando um homem surgiu do nada e a agarrou, levando-a à força para dentro de um carro.

A mãe da menina, que estava na janela do seu apartamento observando a filha, telefonou imediatamente para as autoridades dando o alerta. A polícia iniciou rapidamente uma caça ao homem, numa operação que envolveu as autoridades de várias localidades próximas, mas apenas 90 minutos depois a encontraram já sem vida, num bosque perto do local onde foi raptada. Uma marcha de mais de 10 mil pessoas cruzou a pequena cidade, em sinal de consternação e revolta com o assassinato brutal.

Segundo o diário francês Le Monde, no mesmo local onde a criança foi encontrada, um homem de nacionalidade polonesa, de 38 anos, foi detido completamente bêbado. Ele teria admitido para a polícia, horas depois, o assassinato e o estupro. O homem, que reúne um longo registo criminal, esteve preso e foi deportado por diversas vezes para a Polônia depois de ter saído de uma prisão, há vários meses. As penas que cumpriu foram devido a extorsão e assalto. Várias agressões violentas contribuíram para que fosse decretada a interdição de permanência em território francês.

Policiais encontraram o assassino confesso em um bosque próximo ao local onde Chloé brincava
Policiais encontraram o assassino confesso em um bosque próximo ao local onde Chloé brincava

O crime chocou a França e a pequena comunidade da cidade de Calais está em luto. Uma vizinha comentou, em entrevista ao canal francês TV5, que todas as crianças habitualmente brincavam na rua sem problemas, e testemunha que “por vezes até de noite, após as 22h, sem que nunca tivesse acontecido nada”. Vários familiares, incluindo a mãe, seguem em estado de choque e, na tarde desta quinta-feira, reuniram-se no parque infantil onde um grande conjunto de coroas de flores e velas não param de chegar.

Todas as bandeiras na França estão a meia mastro e serão realizadas, nas próximas horas, uma marcha e uma missa em memória da criança. Os cidadãos franceses estão revoltados com a situação e com o aumento do nível de criminalidade. Protestos estão em marcha por todo o país com pedido de maior controle na entrada de eventuais criminosos no país.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

95

Clique aqui