17/09/2015

13:29

Por: Alberto Silva

“LULA” está apavorado e caminhando pela sombra, pedido de Moro está em andamento

Nesta terça-feira (15), o gabinete do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou à Procuradoria Geral da República o pedido formulado pela Polícia Federal para ouvir o ex-presidente Lula num dos inquéritos sobre a Operação Lava Jato. Indignado, Lula não esconde a mágoa do delegado federal Josélio Azevedo de Sousa, que solicitou que ele fosse ouvido em inquérito.

O ex-presidente comentou com pessoas próximas que o ministro José Eduardo Cardozo foi bastante negligente ao permitir que a situação chegasse à tal. Segundo seus interlocutores, Lula se disse preocupado com a possibilidade do pedido ser usado como munição da oposição.
Ainda segundo eles, o ex-presidente está apavorado com a perspectiva de ter que depor e reclamou de excessos cometidos por delegados da PF sob a condução do ministro da justiça José Eduardo Cardozo, ignorando que o ministro não tem poder de barrar investigações. Lula tem se articulado para influenciar a decisão do STF.
O delegado Josélio Azevedo de Sousa considera que a investigação “não pode se furtar à luz da apuração dos fatos” se o ex-presidente foi ou não beneficiado “pelo esquema em curso na Petrobras”, “obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”.
Este é o segundo golpe da Lava Jato sofrido por Lula. Em outra situação, a quebra do sigilo bancário e fiscal de sua empresa de palestras, a LILS, revelou que Lula é um milionário e recebeu nos últimos anos cerca de 30 milhões das empreiteiras envolvidas nos desvios da Petrobras.

Um dos fundadores do partido, Hélio Bicudo 93 anos, lembra dos anos em que militou ao lado do ex-presidente Lula pela construção do PT  “Eu conheci o Lula quando ele era um operário. A casa dele não tinha nem o tamanho desta sala. Hoje ele é um milionário”. .

(Via Sintese)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

81

Clique aqui