10/09/2015

11:35

Por: Alberto Silva

Luciana Genro solta a bomba “Os principais traficantes não estão nas favelas, estão dentro do Congresso”

Câmara interpela Luciana Genro a explicar ‘traficantes’ no Congresso. Procuradoria da Casa cobra ex-deputada (PSOL/RS) que teria insinuado que ‘o Parlamento é povoado por indivíduos desprovidos de integridade’ (Por Mateus Coutinho)

Veja a discussão dela com Marco Feliciano pelo Twitter aqui. Essa denuncia vai dar policia e muito o que falar. A ex-deputada gaúcha e ex-candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro foi interpelada extrajudicialmente pela Câmara dos Deputados a dar explicações sobre sua afirmação no Twitter insinuando que “grandes traficantes” estão no Congresso, durante o julgamento do Supremo Tribunal Federal que discutia a descriminalização do porte de drogas para consumo próprio.

“A acusação feita pela interpelada ocorre sem apresentação de quaisquer provas. Sobretudo, o material extrapola o bom senso crítico, pois induz ao raciocínio de que o Parlamento é povoado por indivíduos desprovidos de integridade”, afirma o documento assinado pelo procurador parlamentar da Câmara dos Deputados Renato Feltrin. A Câmara dá cinco dias para a parlamentar explicar o porquê fez as declarações e para ela apresentar por escrito as provas de suas afirmações.

Para Luciana, a iniciativa já era esperada e ocorre a pedido do presidente da Casa, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que já se manifestou em plenário afirmando que tomaria providências sobre o episódio após o pedido feito a ele pelo deputado Marcos Feliciano (PSC-SP).luciana-twiter

“Não me intimida esse tipo de atitude, vou continuar dizendo as coisas que considero necessárias de serem ditas e tenho total tranquilidade de que o que eu disse está evidenciado no episódio do (senador Zezé Perrella), então não tenho nada a temer”, afirmou a deputada ao Estado, em referência ao caso do helicóptero da empresa da família Perrella apreendido com 445 kg de cocaína em uma operação da Polícia Federal em 2013. A parlamentar ainda disse que vai anexar uma matéria sobre o episódio da aeronave em sua resposta à interpelação.

Em sua fala no Twitter, no dia 19 de agosto, a deputada questionou a política de combate às drogas no Brasil e afirmou em seu Twitter oficial que “A guerra às drogas atinge os pequenos traficantes. Os grandes não estão nas favelas, mas estão, inclusive, no Congresso”. Na ocasião, o Supremo estava julgando a descriminalização do porte de drogas para consumo próprio e a deputada foi logo respondida por Marco Feliciano na rede social:

“@lucianagenro Esta acusação é gravíssima. Pode citar os nomes? Com provas irrefutáveis?”, questionou o deputado que foi logo respondido na rede social. “Acho que o @MarcoFeliciano esqueceu que um helicóptero da família do senador Zezé Perrela foi apreendido em 2013 com 450 kg de cocaína!”

A investigação da Polícia Federal envolvendo o helicóptero da empresa da família Perrella acabou revelando a existência de um esquema de tráfico internacional de drogas envolvendo grupos de empresários brasileiros que transportavam cocaína das Farc colombianas para cartéis mexicanos. O senador Zezé Perrella e seus familiares não são acusados.

Noticias de São Paulo PENSA S. PAULO (Clique aqui)
Informações para sua Família MEU MAIOR PATRIMÔNIO (Clique aqui)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

59

Clique aqui