04/07/2016

12:06

Por: Alberto Silva

Jornalista Jorge Kajuru continua desaparecido, entenda…

Depois de denunciar políticos de Goiás e receber inúmeras ameaças, parece ter chegado ao fim a estrada do jornalista Jorge Kajuru. Aos 55 anos ele foi assassinado.

A equipe de Jorge Kajuru usou o Twitter para informar o desaparecimento do jornalista. Na mensagem, o produtor diz que ele está sumido desde a tarde desse sábado, 2/07. Sou produtor e redator do Kajuru. Socorro, ele está desaparecido desde as 14hs do sábado. Tudo muito estranho”, pediu ajuda o produtor.

Investigações policiais apontam para sequestro seguido de morte. Imagens de câmeras de videomonitoramento mostram o momento em que ele foi colocado no porta-malas de um carro prata modelo SUV. Moradores da região informaram ter ouvido tiros. O fato teria se dado na região de Teresópolis de Goiás.

Antes de criar seu canal no youtube, Jorge Kajuru já trabalhou na Band, SBT e RedeTV!. E, desde novembro de 2015, o jornalista está sob proteção policial após ter revelado um esquema de corrupção entre funcionários do Detran e parlamentares de Goiás.

Kajuru é conhecido por dar declarações polêmicas e por se opor ao merchandising em programas jornalísticos. Foi demitido de vários locais em que trabalhou, pediu demissão no ar quando trabalhava na RedeTV![7] . Residia no Rio de Janeiro até retornar para Goiás por conta de sua candidatura para Deputado Federal pelo estado nas eleições de 2014.

A vida de Jorge Kajuru foi repleta de polêmicas. Pelo ímpeto crítico, fez muitas denúncias contra corrupção e más-gestões. Por influência de políticos corruptos e poderosos, Jorge Kajuru se viu afastado do Estado de Goiás pelo então governador Marconi Perillo. De fato Kajuru posteriormente produziu um livro onde toda a corrupção do então Governador se vê desbaratada (Dossiê K), livro esse que fora entregue de graça na Universidade Federal de Goiás e no mesmo dia uma ação truculenta recolheu os mesmos sendo esse livro e seu autor banido do Estado de Goiás. O que rendeu ao jornalista processos e condenações. Um levantamento realizado em 2004 mostrava que, até aquele momento, Kajuru respondia por 109 processos, a maioria por injúria e difamação, em quatro estados diferentes. Somente em São Paulo, correm 30 ações criminais contra ele.

Kajuru é conhecido por dar declarações polêmicas e por se opor ao merchandising em programas jornalísticos. Foi demitido de vários locais em que trabalhou, pediu demissão no ar quando trabalhava na RedeTV![7] . Residia no Rio de Janeiro até retornar para Goiás por conta de sua candidatura para Deputado Federal pelo estado nas eleições de 2014.

Tem como principais referências profissionais os também jornalistas Juca Kfouri e João Saldanha, ambos conhecidos por serem polêmicos e polemizadores. Admirador de Telê Santana e Silvio Santos, era também amigo de José Luiz Datena, de quem já foi sócio. Tem muitas inimizades em todos os setores da mídia, por suas fortes declarações, e de Milton Neves, a quem ataca por conta do merchandising; e Marconi Perillo, por questões políticas.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

102