30/07/2015

20:29

Por: Alberto Silva

Ivete Sangalo “Se meu filho falar que é gay eu vou dizer Ótimo”

Ivete Sangalo já havia saído em defesa dos gays esta semana, ao declarar que o preconceito contra o público LGBT é "ignorância", mas agora a baiana foi além. Casada com o nutricionista Daniel Cady e mãe de Marcelo, de 5 anos, a cantora afirmou que não teria problemas em ter um filho homossexual.

“Se meu filho, no futuro, falar para mim que é gay, vou dizer ‘que maravilha’. Vamos ser felizes! Ser gay não pode ser uma condenação. A pessoa nasce assim e precisa ser feliz dessa maneira. Temos que ter a percepção humana de que cada um pode viver sem interferir na vida do outro”, disparou Ivete em entrevista ao jornal “Extra”. “Confesso que fico constrangida de ter que falar sobre aceitação aos gays porque o respeito é uma substância da vida. Não temos que questionar isso”.

A artista, considerada a cantora mais popular do Brasil pela revista “Billboard”, vai se apresentar no evento “Chá da Alice” – cuja próxima edição foi especialmente batizada de “Chá da Veveta” -, no Rio de Janeiro, na sexta-feira (31). A festa é uma das mais frequentadas pelo público LGBT. “Eu tenho um público fiel e quero que eles sejam felizes nas minhas apresentações. Homossexual ou heterossexual, eu estou abraçando e beijando todo mundo”, afirmou.

Ivete ainda reforçou a luta contra o preconceito.”O que a sua orientação sexual interfere na minha vida? Nada. Agora, se você está feliz, isso muda muito na minha vida e na sua. Felicidade é a grande tônica do meu cotidiano. Os gays merecem todo o amor e respeito do mundo”, destacou. “Tolo é aquele que acha que a melhor maneira de existir é condenando o outro.

Ivete conta que filho tem vocação artística, mas descarta carreira: ‘Muito pequenininho’

Ivete chorou durante uma participação no programa “Domingão do Faustão”, quando Marcelo fez uma declaração de amor para a cantora. Mãezona, ela não mede esforços para agradar o pequeno. A artista, no entanto, procura não alimentar muito a vontade de Marcelo de ser cantor.

“É muito pequenininho ainda. Não vou submeter ele a isso. Tem total veia artística, mas ele é criança. Então é no tempo dele. Criança tem um tempo diferente de adulto”, justificou a cantora nos bastidores do programa “Sai do Chão”, no final do ano passado.

Apesar disso, Ivete não nega – e até comemora – o fato de ter sim influenciado Marcelo a gostar do mundo artístico desde pequeno. “Ele vai sempre fazer parte disso. Ele já é parte disso. É meu filho, nasceu na música”, explicou a artista, que deixou o filho cantar no ensaio de um dos seus shows.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

103

Clique aqui