17/09/2015

19:41

Por: Alberto Silva

Globo nas trevas: De tanto pregar o golpismo, Jornal Nacional fica sem patrocinador

Como anunciar alimentos em um telejornal onde quem assiste fica com azia e indigestão? Quem leva a sério o JN fica em pânico, com medo de consumir.

Antes, no título da página da internet, ao lado do quadro de busca, aparecia “Oferecimento: Sadia”. Agora a Sadia caiu fora e não aparece nem o quadro “oferecimento”. Ou seja, não aparece NENHUM patrocinador.

Empresário tem que ser maluco e rasgar dinheiro para vincular suas marcas ao catastrofismo de fim-de-mundo pregado diariamente no telejornal. Tem que ser maluco para anunciar onde espanta consumidor.

No momento em que estou escrevendo esta nota, é preciso rolar a página do JN duas vezes para aparecer o primeiro banner lateral de anúncio (o que indica baixíssimo interesse de anunciantes). Este banner é, pasmem, anúncio do mecanismo do Google.

Ou seja, para captar anúncios, só sobrou à Globo fazer o que qualquer internauta pode fazer em seu blog: colocar um banner do Google adsense.

E, pior, o Google fica com a maior parte da receita e a Globo fica só com a rebarba do que o anunciante paga ao Google.

Mas os problemas de faturamento da Globo não acabaram.

Advinhem quem é o anunciante neste momento em que escrevo a nota, neste banner? A própria Globo anunciando um programa seu, um tal “Estrelas … sábado à tarde”.

Ou seja, conclui-se que a Globo está pagando ao Google para anunciar seus próprios programas de sábado à tarde no próprio site do JN.

Quem te viu, quem te vê, hein “dona” Globo? Tendo que pagar e pedir o penico ao Google para sobreviver.

Há pouco tempo o patrocinador do JN era o Bradesco. Caiu fora. Depois entrou a Sadia. Ao que tudo indica também caiu fora.

Desse jeito, quem fechará primeiro? A revista Veja ou a TV Globo?

(fonte Via de acesso e BR29) 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

88

Clique aqui