10/07/2015

08:58

Por: Alberto Silva

Foi só ir para “Rede Globo” que ex-CQC começou a discriminar as pessoas

Durante o programa "Vídeo Show" desta quinta-feira (9), Monica Iozzi voltou a tocar no assunto que virou polêmica nas redes sociais. Depois de lembrar que 35 anos da morte de Vinícius de Moraes, a artista disparou: "Vamos ouvir menos sertanejo universitário e mais Vinícius, um grande poeta". Otaviano Costa, já prevendo mais uma enxurrada de críticas, se mostrou boquiaberto com nova afirmação de sua companheira de bancada. Desta vez, no entanto, alguns internautas saíram em defesa da ex-repórter do "CQC". "Concordo com ela", escreveu um. "Como não amar Monica Iozzi?", disse outro.

Desta vez a “Nova Global” disparou sua discriminação aos que gostam da música sertaneja: “Vamos ouvir menos sertanejo”

Na última terça-feira, após a exibição de um vídeo em homenagem aos 25 anos da morte de Cazuza, Monica declarou sua admiração pelo artista: “Quem não conhece o Cazuza… Ô pessoal mais novinho, vamos deixar o sertanejo universitário um pouquinho de lado. Vamos ouvir um pouquinho mais de Cazuza pra gente ter um mundo melhor?”, pediu a artista, que dias antes apareceu dançando ao som da música “Fui Fiel”, do cantor sertanejo Pablo, no programa “Altas Horas”.

Ainda durante o programa e depois de ouvir de Otaviano Costa que ia apanhar por causa da declaração, Monica tentou amenizar: “Eu gosto de sertanejo. Mas não pode ser só isso. Vamos parar de ouvir um pouco de funk, de sertanejo… Vamos ouvir Cazuza, ouvir Legião Urbana, vamos ouvir Elis Regina”. Horas depois, no Twitter, voltou a ressaltar sua admiração pelo estilo: “Amo música caipira, sertaneja de raiz. Amo! Não gosto é do sertanejo universitário. Sei lá. Só pra deixar claro. Viva Inezita Barroso”, escreveu, fazendo referência à dama da música caipira.

Zeca Camargo também recebeu críticas ao falar sobre Cristiano Araújo

A morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo, vítima de um acidente de carro no último mês, provocou uma comoção nacional, fazendo inclusive o “Vídeo Show” ser estendido, com notícias sobre o velório e enterro do artista. Diante de tanta atenção da imprensa, Zeca Camargo emitiu sua opinião durante uma participação em um jornal na Globo News. Para o jornalista, a cobertura do acidente foi exagerada, o que ressaltou a “pobreza da atual alma cultural brasileira”.

Depois de receber uma enxurrada de críticas, Zeca aproveitou uma participação no “Vídeo Show” para se desculpar. O problema é que ao falar sobre o cantor, confundiu o seu nome e o chamou de Cristiano Ronaldo. Mais uma vez internautas se revoltaram com o que chamaram de descaso do jornalista. Através de um vídeo postado em seu Instagram, Zeca voltou a tocar no assunto: “Esse é um recado pros fãs do Cristiano Araújo. Eu queria pedir desculpas se eu fui mal interpretado, pedir desculpas por ter errado o nome delequando fui pedir desculpas. Enfim, é um momento difícil pra todos nós. Vocês têm a minha admiração, assim como ele”.

(Por Carmen Moreira) MSN

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

57

Clique aqui