16/02/2017

18:07

Por: Alberto Silva

Filme sobre a Operação Lava Jata custará R$ 15 milhões, entenda de onde virá o dinheiro

Marcado por muitas polêmicas desde quando começou a ser produzido, o filme Polícia Federal – A Lei é para todos, vai falar do que aconteceu na Operação Lava Jato sob o olhar dos investigadores. A previsão do lançamento do filme é para Julho e terá 2 horas e 10 minutos de duração. todas as gravações foram muito sigilosas. Inclusive o que também está sendo mantido em segredo até agora é como esse filme está sendo custeado, quem está pagando para o filme ser produzido.

O orçamento da produção já bate o valor de R$ 15 milhões, algo acima dos padrões do cinema brasileiro, a produção não revelou de jeito nenhum de onde saiu o dinheiro. Um dos boatos que estão sendo falados por aí é de que o empresário Eike Batista, recém preso, haveria investido no longa.

O diretor Marcelo Antunez e o produtor Tomislav Blazic garantem que Eike nunca passou nem perto do filme e aproveitam para enfatizar que não há qualquer repasse de dinheiro público para a produção – também algo raro em filmes nacionais, que em grande parte contam com incentivo estatal. “Zero dinheiro público”, garante Blazic.

Com a sua estreia marcada para o mês de julho, o filme tem o elenco composto por: Flávia Alessandra, Rainer Cadete e Marcelo Serrado (no papel de Sergio Moro), além de Ary Fontoura (Lula), Antonio Calloni (delegado Ivan Romano) e Beth Zalcman (Marisa Letícia), que na última semana filmaram a cena da condução coercitiva do ex-presidente. Polícia Federal surge em meio a uma onda de obras baseadas na operação e deve transformar-se em uma trilogia. Com distribuição da Paris Filmes e da Dowtown, mesma dupla que tem se associado para levar aos cinemas as chamadas globochanchadas, o longa é desde já um candidato a blockbuster brasileiro.

Via Agência de Notícias e Diário do Brasil

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

111