19/03/2015

09:10

Por: Alberto Silva

Ex-diretor Renato Duque será ouvido na CPI da Petrobras hoje

Juiz federal Sérgio Moro autorizou a transferência do investigado para Brasília a fim de prestar depoimento; Moro ressaltou ainda que o ex-diretor tem o direito de permanecer em silêncio e pode não contribuir

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque está a caminho de Brasília para prestar depoimento na CPI da Petrobras a partir das 9h30 desta quinta-feira (19).

Preso em Curitiba após a décima fase da operação Lava Jato, na segunda-feira (16), Duque teve sua transferência para Brasília autorizada pelo juiz federal Sérgio Moro com o objetivo de ser ouvido pela CPI.

Ao liberar seu comparecimento à CPI, porém, o juiz ressaltou que Duque tem o direito de permanecer em silêncio. Na prática, então, ele pode não contribuir em nada para a comissão.

Duque foi convocado pela comissão, o que obriga seu comparecimento, e, segundo Motta, será ouvido na condição de investigado.

Ele é acusado por delatores de ter recebido propina de empresas que formavam um cartel para obter contratos na Petrobras e de repassar parte dessa propina ao PT.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

57

Clique aqui