03/08/2017

11:57

Por: Alberto Silva

Entenda o que acontece com a denúncia contra Temer após rejeição da Câmara

Entenda o que irá acontecer com a denúncia contra Michel Temer.


Warning: file_get_contents(https://free.sharedcount.com/?url=https%3A%2F%2Fpensabrasil.com%2Fentenda-o-que-acontece-com-denuncia-contra-temer-apos-rejeicao-da-camara%2F&apikey=a2ad8859171bb2d2344e31170cd248e9846315ac): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 401 Unauthorized in /home/pensabrasil/public_html/wp-content/themes/pensabrasilportal/inc/share-bar.php on line 10

Entenda o que acontece com a denúncia contra Temer após rejeição da Câmara

Nesta quarta-feira (2) aconteceu a votação sobre a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer. A Câmara acabou por rejeita-la, com isso, a acusação permanecerá parada no Supremo Tribunal Federal.

Agora, o STF só poderá continuar com a acusação quando Temer deixar a presidência. Isso porque não será necessária autorização de nenhum órgão externo para que o Judiciário possa abrir processo contra ele. Durante a paralisação, o relator Edson Fachin terá que determinar a suspensão do prazo para a prescrição.

Agora, o STF só poderá continuar com a acusação quando Temer deixar a presidência.

No dia 31 de dezembro de 2018, Michel Temer deixará de ser presidente e, assim, acabará seu foro privilegiado. A partir disso, caberá ao juiz de primeira instância analisar a denúncia e tomar as medidas necessárias. O STF irá designar o juiz assim que for avaliado o local onde ocorreu o crime.

Entenda o que acontece com a denúncia contra Temer após rejeição da Câmara

A acusação contra o atual presidente se deve às delações feitas por executivos da J&F, que controla a JBS. Através disso, Rodrigo Janot, procurador-geral da República, abriu a denúncia contra Temer pelo crime de corrupção passiva.

Além de pedir a acusação, Janot queria que Temer perdesse o seu mandato, já que o mesmo havia violado seus deveres com a sociedade e com o Estado. No entanto, devido ao foro privilegiado, o presidente só poderia ser acusado caso a denúncia fosse aprovada pela Câmara dos Deputados. Coisa que não ocorreu no último dia 2, quando a maioria votou em favor de Michel, rejeitando a denúncia.

A defesa do presidente tem alegado que ele não cometeu crime algum e que a denúncia do Ministério Público teria ocorrido baseado em apenas suposições. Segundo o próprio Michel, ele irá avaliar a denúncia como um atentado contra o Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

Galeria
Política |
1 de 5
Entenda o que acontece com a denúncia contra Temer após rejeição da Câmara

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

116