14/06/2016

11:49

Por: Alberto Silva

Emocionante – Noiva chora no peito de um policial veja o por que – Assista o vídeo

A cerimónia começou com uma dedicação ao falecido. Uma cadeira dos lugares da frente estava reservada com um casaco da farda de polícia, em homenagem ao pai e herói.

O casamento é um dia muito importante não só para o casal, mas também para toda a família. É a difícil altura em que os pais percebem que os filhos estão crescer e a sair do “ninho”. Mas o casamento desta jovem foi diferente.

Em 2009, o polícia Walter Mundell, pai de Kirsten, foi morto enquanto estava de serviço. Seis anos depois, a filha ia se casar ele não iria estar presente naquele momento importante, deixando a devastada.

A cerimónia começou com uma dedicação ao falecido. Uma cadeira dos lugares da frente estava reservada com um casaco da farda de polícia, em homenagem ao pai e herói.

Embora Mundell não estivesse presente na cerimónia, Kirsten teve muito apoio e a sua memória irá estar sempre com ela.

Kirsten pediu ao polícia Don Jones que a levasse até ao altar, em substituição do seu progenitor, e que dançasse com ela na festa de casamento. Mas quando chegou a altura da dança de pai e filha, a noiva teve uma surpresa.

Não foi só um, mas quatro colegas do pai que dançaram com Kirsten, por turnos. A jovem não conseguiu conter a emoção com os gestos dos polícias e começou a chorar.

É sem dúvida incrível a maneira como eles acarinharam e confortaram a recém casada.

A fotógrafa Angela Lyons captou os belos momentos e colocou no Facebook. As fotografias demonstram as emoções fortes que se sentiram no casamento e têm se tornado virais. Bem diz o ditado “uma imagem vale mais do que mil palavras”.

O vestido de Kirsten também era muito especial. A parte de trás do corpete tinha uma fita azul, em tributo ao seu “anjo de azul”, representando o pai de farda.

Embora Mundell não estivesse presente na cerimónia, Kirsten teve muito apoio e a sua memória irá estar sempre com ela.

vestido com faixa azul

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

94