22/09/2015

12:12

Por: Alberto Silva

Eduardo Cunha diz “NÃO” a convite de Dilma para debater reforma ministerial

...A presidente Dilma Rousseff telefonou há pouco para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para convidá-lo a participar das discussões sobre reforma ministerial. Cunha, porém, recusou o convite, alegando não ter qualquer intenção de debater este tema.

O peemedebista, que rompeu com o governo em meados de julho, disse à presidente que se dispõe a discutir com ela qualquer assunto de interesse do governo, mas que, neste assunto, prefere não interferir. A presidente disse entender a posição de Cunha e não insistiu no convite.

Está marcada para a noite de hoje reunião com os líderes de partidos aliados no Palácio do Planalto em que será discutida a reforma ministerial.

A cúpula do PMDB tenta fechar questão para não ter indicações do partido no novo desenho que a presidente Dilma planeja para a Esplanada dos Ministérios. A estratégia marca um distanciamento do PMDB em relação ao governo. Mais cedo, o vice-presidente Michel Temer comunicou a Dilma sua decisão de não fazer indicações. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tomou a mesma atitude.  A posição ainda tem que ser negociada com o líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), que se aproximou do governo há algumas semanas, após ser chamado para negociar diretamente com a presidente.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

57

Clique aqui