19/03/2018

10:31

Por: Redação

Desespero – Lula recorre a macumba e a todos os santos para ser salvo

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Desespero – Lula recorre a macumba e a todos os santos para ser salvo

Para ser salvo – Lula está totalmente desesperado, e agora recorre a todos os santos para aqui

tentar ser salvo da cadeia. Um ato como ultima chance para que todos os santos e orixás

possam agraciar com a liberdade.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi beneficiado materialmente por débitos da conta geral de propinas, com a atribuição a ele e a sua esposa, sem o pagamento do preço correspondente, de um apartamento triplex

Um comentário do fundo de um terreiro contou que santos recusaram a atender o

ex-presidente que, agora aguarda ansiosamente sua prisão decretada.

 




Desespero – Lula recorre a macumba e a todos os santos para ser salvo

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi beneficiado materialmente por débitos da

conta geral de propinas, com a atribuição a ele e a sua esposa, sem o pagamento do

preço correspondente, de um apartamento triplex, e com a realização de custosas reformas

no apartamento, às expensas do Grupo OAS.

 




Desespero – Lula recorre a macumba e a todos os santos para ser salvo

A denúncia oferecida pela Lava Jato foi comprovada durante o processo:

“Estima o MPF que o total pago em propinas pelo Grupo OAS decorrente das contratações

dele pela Petrobrás alcance R$ 87.624.971,26.

Cerca de 1% desse valor teria sido destinado especificamente a agentes políticos do Partido

dos Trabalhadores e teria integrado uma espécie de conta corrente geral de propinas entre

o Grupo OAS e agentes do Partido dos Trabalhadores.

 

Desespero – Lula recorre a macumba e a todos os santos para ser salvo

Destes valores, R$ 3.738.738 teriam sido destinados especificamente ao ex-presidente

Luiz Inácio Lula da Silva – na disponibilização do apartamento 164-A, triplex, do Condomínio

Solaris,  sem que houvesse pagamento do preço correspondente; e no não pagamento de

reformas e benfeitorias que o apartamento teria sofrido em 2014.

Estima o MPF os valores da vantagem indevida em cerca de R$ 2.424.991, assim

discriminada, R$ 1.147.770 correspondentes à diferença entre o valor pago e o preço

do apartamento entregue e R$ 1.277.221 em reformas e na aquisição de bens para o

apartamento.”

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

32
PENSA BRASIL NOTÍCIAS