18/03/2015

10:22

Por: Alberto Silva

DATAFOLHA tenta derrubar Dilma em pesquisa mas esconde quem a encomendou

Cerca de três meses depois do início do segundo mandato, 62% dos pesquisados definiram a gestão do governo de Dilma como ruim ou péssima. Quem é o dono da pesquisa? Quem encomendou? os Números são verdadeiros?

Você foi pesquisado pelo DATAFOLHA? Quem encomendou a pesquisa?

A presidente Dilma Rousseff chegou a mais alta taxa de reprovação, de acordo com a última pesquisa divulgada pelo Datafolha. Cerca de três meses depois do início do segundo mandato, 62% dos pesquisados definiram a gestão do governo de Dilma como ruim ou péssima.

Ente os brasileiros entrevistados, 13% acreditam que a gestão de Dilma é boa ou ótima. A pesquisa aconteceu no período de segunda e terça desta semana, após as manifestações que atingiram várias capitais do país na sexta-feira (13) e domingo (15). Ao todo, foram entrevistados 2.842 eleitores.

Segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, o índice registrado pelo Datafolha pode ser comparado com os piores momentos dos ex-presidentes Itamar Franco (12% de aprovação em novembro de 1993, época do escândalo do Orçamento, na Câmara) e Fernando Henrique Cardoso (13% em setembro de 1999, época em que a desvalorização do Real causava insatisfação na população). Em 1992, nas vésperas do impeachment, Fernando Collor atingiu marca semelhante com aprovação de 9%.

As regiões que registraram as maiores taxas de reprovação foram Centro-oeste (75%) e Sudeste (66%). Entre os entrevistados com escolaridade média o índice foi de 66%, a mesma porcentagem registrada entre as famílias com renda mensal de 2 a 5 salários mínimos. Na região Norte, a presidente Dilma chegou a atingir aprovação de 21%.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

62

Clique aqui