28/07/2016

17:03

Por: Alberto Silva

CUIDADO Anvisa proíbe venda de lotes de 5 marcas de molho e extrato de tomate, veja aqui…

De acordo com texto publicado no Diário Oficial da União de hoje, é proibida a distribuição e venda do extrato de tomate da marca Amorita

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta quinta-feira (28) a comercialização de quatro lotes de extrato de tomate das companhias Amorita, Aro, Elefante e Predilecta, alén de um lote de molho de tomar tradicional Pomarola.

A agência constatou presença de pelo de roedor nos produtos em quantidade superior à permitida por lei, segundo informações do G1. Agora, os fabricantes terão de retirar os produtos do mercado.

De acordo com texto publicado no Diário Oficial da União de hoje, é proibida a distribuição e venda do extrato de tomate da marca Amorita, fabricado pela empresa Stella D’Oro, lote L 076 M2P, válido até 01/04/2017. A informação consta na resolução nº 1.995.

De acordo com texto publicado no Diário Oficial da União de hoje, é proibida a distribuição e venda do extrato de tomate da marca Amorita, fabricado pela empresa Stella D'Oro, lote L 076 M2P, válido até 01/04/2017. A informação consta na resolução nº 1.995.

A resolução nº 1.996 veta a distribuição e venda do extrato de tomate da marca Predilecta lote 213 23IE, válido até 03/2017, e também do extrato de tomate da marca Aro, lote 002 M2P, válido até 05/2017. A Predilecta Alimentos é a fabricante dos produtos.

A resolução nº 1.997 proíbe a distribuição e venda do molho de tomate tradicional da marca Pomarola, lote 030903, válido até 31/08/2017, e também do extrato de tomate da marca Elefante, lote 032502, válido até 18/08/2017. A Cargill Agrícola produz os alimentos.

O Laboratória de Saúde Pública de Santa Catarina foi a responsável pelo testes que detectaram “matéria estranha” indicativa de risco à sáude para os consumidores.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101