29/06/2015

17:13

Por: Alberto Silva

“Cristiano Araujo não é ninguém, uma figura desconhecida” solta Zeca Camargo.

"A morte insana de Cristiano Araujo, quem ele era? Não se compara as grandes mortes de grandes ídolos do nosso país. Nossa canção popular se entrega a uma alucinada agenda de show, com cenário de uma estrela maior. Nosso POP não precisa ser assim, temos ídolos de verdade e não se compara a Cristiano Araujo. Precisamos de um outros Herói."

A morte insana de Cristiano Araujo, quem ele era? Não se compara as grandes mortes de grandes ídolos do nosso país. Nossa canção popular se entrega a uma alucinada agenda de show, com cenário de uma estrela maior. Nosso POP não precisa ser assim, temos ídolos de verdade e não se compara a Cristiano Araujo. Precisamos de um outros Herói.
Foi o que disse Zeca Camargo e muito mais em uma lamentável comparação ao cantor Cristiano Araujo. O apresentador da Rede Globo não faz ideia nem mesmo quem são os artistas de nosso país, que dirá quem seria o fenômeno da musica sertaneja.

O publico se revoltou e logo Zeca Camargo voltou ao ar “ao vivo” para pedir DESCULPAS !!!

Zeca Camargo começou a segunda-feira como o assunto mais comentado nas redes sociais, mas não por um bom motivo. O jornalista causou revolta em muitas pessoas com o comentário veiculado na noite de domingo no canal Globo News (confira o vídeo aqui). Inclusive, ele precisou se desculpar ao vivo no programa Vídeo Show desta segunda.

Em sua crônica, Zeca questiona a comoção nacional causada pela morte do cantor Cristiano Araújo, “ao mesmo tempo tão famoso e tão desconhecido”. Ao longo do texto, o apresentador comenta que “fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo”.

Mais adiante, enquanto imagens mostram os shows lotados de Cristiano Araújo e outros jovens sertanejos em ascensão, Zeca Camargo fala sobre o fenômeno de “artistas de uma música só”. Segundo ele, “qualquer um pode, ainda que por um dia, ser uma estrela maior”.

Em determinado momento do texto, Zeca chega a comparar os novos ídolos sertanejos à “modinha” dos livros de colorir para adultos. Ou seja, são fenômenos que “empobrecem” a cultura brasileira.

Zeca finaliza a crônica dizendo que o Brasil “precisa de novos heróis” e de “ídolos de verdade”. Ele alega que os “verdadeiros artistas” como Cazuza e Michael Jackson, estes sim merecem ser exaltados e fazem falta no cenário musical.

Bastaram poucos minutos no ar para que o comentário de Zeca Camargo repercutisse na internet. Uma enxurrada de críticas revoltadas circula pelas redes sociais, a maioria exigindo retratação pública do jornalista. Por outro lado, há algumas pessoas apoiando cada palavra de Zeca, alegando que ele falou aquilo que muitos não tiveram coragem de falar nos últimos dias.

Alguns famosos também não gostaram nada das palavras de Zeca. Sertanejos como Eduardo Costa, Sorocaba, Henrique e Juliano, Munhoz e Mariano entraram na campanha online #QuemÉZecaCamargo.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

57

Clique aqui