06/10/2015

10:55

Por: Alberto Silva

“Continuará trancado” STJ nega liberdade para Vaccari e doleiro

Em sua primeira decisão, o ministro Ribeiro Dantas manteve a prisão do ex-tesoureiro do PT e do empresário Carlos Habib Chater, condenados pelo juiz federal Sergio Moro

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Ribeiro Dantas negou nesta segunda-feira pedidos de liberdade a dois réus da Operação Lava Jato, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o doleiro Carlos Habib Chater. Foi a primeira decisão do magistrado, que tomou posse na semana passada no STJ e passou a integrar a 5ª Turma, responsável pelos processos da Lava Jato.

Presos em Curitiba, Vaccari e Chater já foram condenados em primeira instância pelo juiz federal Sergio Moro. O ex-tesoureiro do PT foi condenado a 15 anos e quatro meses de reclusão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa, e o doleiro pegou cinco anos e seis meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro.

O ministro Ribeiro Dantas é oriundo do Tribunal Regional Federal da 5ª. Região (TRF-5/Recife) e foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff para ocupar a vaga deixada pelo ministro Ari Pargendler, que se aposentou em setembro de 2014.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

    Sorry. No data so far.

57

Clique aqui