13/06/2016

11:12

Por: Alberto Silva

Conheça aqui as “10” propostas que o ator Alexandre Frota enviou ao governo Temer…

Veja, as 10 medidas que Alexandre Frota sugeriu para o ministro da Educação. Medidas ousadas que podem recuperar a qualidade da Educação Brasileira.

Alexandre Frota participou, na tarde desta quarta (25), de uma reunião no Ministério da Educação, em Brasília, para discutir “algumas ideias para ajudar o país”, declarou o ator em seu perfil no Instagram.

Frota publicou algumas imagens em que aparece ao lado do ministro da pasta, Mendonça Filho. “Agora no Ministério da Educação, onde o ministro nos recebeu para uma pauta colocada por nós”, escreveu ele, que é membro do Revoltados Online, movimento a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

De acordo com as informações deste assessor do MEC, radical teria sido seu posicionamento sobre a ideologia de gênero: “lugar de viado é em salão de beleza, não na escola. Não vão fazer propaganda de homossexualismo em sala de aula não

“Estive com o Ministro da Educação hoje e pude colocar algumas ideias para ajudar um país que eu amo”, declarou Frota.

A FOLHA recebeu de um assessor do Ministério da Educação a lista de sugestões do ator Alexandre Frota para a melhoria da qualidade da Educação Brasileira.

Conheça as 10 sugestões do ator Alexandre Frota para melhorar a Educação brasileira.

Fim do Ministério da Cultura, do Ministério da Educação e da Lei Rouanet.
Criação do Ministério da Ciência, Educação, Cultura, Esporte e Cidadania.
Fim do sistema de cotas para ingresso na Educação Superior.
Redução do Ensino Fundamental de 9 anos para apenas 6.
Substituição do Ensino Médio pelo supletivo.
Substituição das disciplinas Filosofia e Sociologia por Ensino Religioso.
Volta das disciplinas Educação Moral e Cívica e Educação para o Lar.
Proibição da Ideologia de Gênero nas escolas brasileiras.
Obrigatoriedade de execução do hino nacional todos os dias nas escolas.
Inclusão da bíblia como material didático do Ensino Fundamental.
Segundo o assessor do MEC que nos encaminhou o material entregue pelo Revoltados OnLine, Alexandre Frota teria dito que “estão gastando muito dinheiro com ministérios que não fazem nada. Junta tudo num ministério só e coloca gente que quer trabalhar. Outra parada escrota é dar cota pra negro. Cor da pele não mede inteligência”.

De acordo com as informações deste assessor do MEC, radical teria sido seu posicionamento sobre a ideologia de gênero: “lugar de viado é em salão de beleza, não na escola. Não vão fazer propaganda de homossexualismo em sala de aula não”.

Por fim ele teria surpreendido a equipe do MEC ao pedir a volta do Ensino Religioso e a inclusão da bíblia como material escolar: “Tá faltando Deus no coração da moçada. Tem que ler mais a bíblia e menos livro chato. Machado de Assis é chato pra caralho. Bom mesmo é a bíblia. Altas histórias maneiras e instrutivas. Deus salve o Brasil!”

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93