20/12/2016

09:42

Por: Dias Zatti e Manuel Freitas Dias Zatti e Manuel Freitas

Assista o vídeo que mostra o momento em que embaixador russo é morto

O embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, foi assassinado nesta segunda-feira em Ancara

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Emissoras turcas registraram o momento em que um homem atirou e matou o embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, nesta segunda-feira em Ancara. As imagens são fortes. aqui

O diplomata russo de 62 anos, à frente da embaixada da Rússia na capital turca desde 2013, foi atingido durante uma visita a uma exposição na capital turca. O agressor entrou no prédio alegando ser policial e disparou contra o diplomata que discursava na exposição intitulada ‘Rússia vista pelos turcos’.

O atirador grita “Allahu akbar (Alá é grande). Não se esqueçam de Alepo! Não se esqueçam da Síria! Só a morte me tira daqui. Todos que participaram dessa operação pagarão por isso. Um por um”, disse o agressor, conforme reportou a emissora CNN.

O atirador grita “Allahu akbar (Alá é grande). Não se esqueçam de Alepo! Não se esqueçam da Síria! Só a morte me tira daqui. Todos que participaram dessa operação pagarão por isso. Um por um”, disse o agressor, conforme reportou a emissora CNN.

As autoridades não informaram a identidade do atirador, que foi morto no local pelos policiais.

Tensões recentes
Rússia e Turquia estão envolvidas no conflito da Síria de lados opostos. Ancara se opõe firmemente ao ditador sírio, Bashar Assad, enquanto o Kremlin vem mobilizando tropas e a Força Aérea em apoio ao regime. As tensões se acentuaram nas últimas semanas, quando forças sírias auxiliadas por Moscou se empenharam em assumir o controle da parte leste da cidade de Alepo, desencadeando uma grande leva de refugiados.

Não ficou claro de imediato quem realizou o ataque. Extremistas do Estado Islâmico têm estado ativos na Turquia e empreenderam vários ataques a bomba contra alvos turcos. Na semana passada, um acordo entre Rússia e Turquia permitiu a retirada de civis e rebeldes da cidade síria de Alepo.

(Via Redação)

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

38
PENSA BRASIL NOTÍCIAS