25/08/2015

14:28

Por: Alberto Silva

[ASSISTA] João Pedro Stédile, líder do MST vai a CARACAS e convoca um ataque dos estrangeiros ao Brasil

A convocação a um ataque ao BRASIL foi transmitido por um rede de TV. Líder do MST convoca um ataque e afirma a MADURO que o povo brasileiro tem esperança nele e está com ele.

[ASSISTA] Líder do MST fez um convocação aos países latinos para atacar o Brasil. Em especial a Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela. A convocação foi feita na homenagem a Hugo Chaves e foi transmitida pela TV Telesur Ao-vivo.
O Líder do MST leva condolências de LULA e disse ainda que o Brasil está preste a dar um golpe e retirar Dilma por não respeitar o resultados das urnas e que a Imprensa virou um monopólio.

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, causou polêmica na Venezuela ao participar neste sábado, ao lado do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de um programa em cadeia nacional de rádio e TV. Ao comentar a crise econômica que o país vizinho atravessa, ele mandou um recado para os opositores do governo: vão para Miami.

Maduro, eu não sei porque a direita na Venezuela não faz como a cubana: que vão de uma vez para Miami e nos deixem em paz, para nós, em nosso continente, sigamos trabalhando, estudando e construindo uma pátria livre e socialista — disse Stédile, gerando comentários até mesmo do presidente Maduro.

Bom, como vocês puderam ver, João Pedro Stédile tem uma voz e uma língua picantes — brincou o presidente.

 

O comentário de Stédile se seguiu a uma fala de Maduro sobre os opositores de seu governo, tratados por ele como “lacaios internos” dos Estados Unidos. O líder do MST chamou a oposição venezuelana de “direita desavergonhada, uma direita de m*, que algum dia o povo colocará em seu lugar, ainda aproveitou que tudo estava sendo transmitido pela TV ao-vivo e fez uma convocação aos estrangeiros invadir o Brasil caso Dilma seja retirada do poder por não respeitarem o resultados das urnas”.

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

86

Clique aqui