11/04/2015

08:37

Por: Alberto Silva

Após denuncia de Pimentel em MG, Aécio sai na defesa e ataca “Governo Medíocre”

Em Belo Horizonte, onde estuda se participará ou não das manifestações, tucano foi ao ataque.
O senador Aécio Neves (PSDB) disparou nesta sexta-feira contra o governo de Minas, após a gestão estadual apresentar um diagnóstico com problemas herdados das administrações anteriores. Acusando o novo governo de mentir, Aécio conclamou a bancada oposicionista na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) a responder às informações do diagnóstico divulgado pela equipe de Fernando Pimentel no início da semana.

“Pela primeira vez, nós assistimos à cúpula de um governo se reunir para mentir aos mineiros e aos brasileiros, tentando responsabilizar o passado pela incapacidade que já percebem hoje que têm de cumprir os compromissos que assumiram com os mineiros. O futuro, o governo pode construir. O passado, nenhum governo pode mudar”, disparou o tucano.

O governo de Minas, por sua vez, divulgou nota afirmando que “não irá polemizar com administrações anteriores”.

“Neste momento, (o governo) busca soluções para os problemas encontrados com o objetivo de cumprir os compromissos assumidos com a população”, diz a nota.

Os gestores do Estado ainda afirmam que “passada a fase do diagnóstico, o governo de Minas Gerais deu início a uma série de auditorias para apurar responsabilidades que levaram à paralisação de centenas de obras, perda de 6 milhões de medicamentos, suspensão de convênios, entre outras práticas que agravaram a situação social e econômica do Estado”.
Aécio chegou a se referir aos anúncios do governo mineiro como “algo que beira, que fica no limite, entre o patético e o ridículo”.

Brasil. O senador tucano também ampliou suas críticas ao governo federal. “O governo cometeu o maior estelionato eleitoral da nossa história”, reiterou, antes de citar os desdobramentos da operação Lava Jato da Polícia Federal e o envolvimento de aliados da presidente, no momento em que a segunda gestão de Dilma celebra cem dias de mandato.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

69

Clique aqui