17/03/2015

21:19

Por: Alberto Silva

Anvisa suspende lote de antibiótico depois de parafuso em frasco

O medicamento é bastante usado no país para tratar infecções respiratórias, em casos como bronquite crônica, e no controle de infecções do trato urinário, como cistites

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) suspendeu a comercialização de um lote do medicamento Sinot Clav, amoxicilina e clavulanato de potássio, fabricado pela Eurofarma.

A medida ocorre após uma cliente de Natal (RN) encontrar um parafuso dentro de um frasco do antibiótico de suspensão oral Sinot Clav, de 400 mg+57mg/5ml.

O medicamento é bastante usado no país para tratar infecções respiratórias, em casos como bronquite crônica, e no controle de infecções do trato urinário, como cistites.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (17). A Anvisa determinou que seja suspensa a distribuição e comercialização do lote 347.798 com validade de 1º de agosto de 2016, onde o problema foi detectado. O estoque existente no mercado também deve ser recolhido.

Procurada, a Eurofarma afirma que acompanha o caso “com absoluta prioridade”. Em nota, diz que iniciou uma investigação para confirmar o desvio e apurar as possíveis causas do ocorrido, mas ainda não teve acesso à unidade onde o problema foi detectado.

Segundo a empresa, ainda que a produção de medicamentos ocorra em equipamentos de alta tecnologia, “existem processos adjacentes, validados e certificados, para garantia da qualidade (…), que, por vezes, necessitam de intervenção humana”, alega.

“Uma vez que em mais de 42 anos esta é a primeira reclamação de mercado desta natureza, a empresa está tratando o caso como único e isolado”, finaliza a nota.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

61

Clique aqui