17/03/2017

10:04

Por: Alberto Silva

ABSURDO: Dilma pede “preferência” e solicita ver a lista de Janot que está em sigilo! LEIA!

A ex-presidenta Dilma Rousseff, junto com sua defessa, solicitou autorização para ver a lista de Janot completa.

A lista de Janot, com todos os nomes delatados pelos executivos da Odebrecht, está sendo mantida em sigilo até que Fachin autorize a divulgação da mesma. Entretanto, a ex-presidenta Dilma Rousseff solicitou, junto á sua defesa, autorização para a mesma ver a lista completa com os nomes que serão investigados.

Segundo matéria divulgada elo site ‘Msn’ e ‘Infomoney’, os advogados da petista alegam ser de extrema importância o acesso ao teor integral das delações, para que se garanta o direito ao contraditório e à ampla defesa. Herman Benjamin ouviu ao longo das últimas semanas dez testemunhas ligadas à Odebrecht, além de fazer diversas acareações.
O #TSE apura desde 2015, a pedido do PSDB, se a chapa formada por Dilma e Michel Temer em 2014 cometeu abuso de poder político e econômico, recebeu dinheiro de propina e se beneficiou do esquema de corrupção que atuou na Petrobras.
Entre as testemunhas que prestaram depoimento ao TSE estão o herdeiro do grupo Odebrecht e ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, o ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Alexandrino Alencar e o ex-diretor da Odebrecht Ambiental Fernando Cunha Reis.

O pedido de Dilma já foi inicialmente rejeitado pelo ministro Herman Benjamin, que se recusou a expedir ofício ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e ao ministro Edson #Fachin, do #STF (Supremo Tribunal Federal), pedindo o compartilhamento dos acordos de colaboração premiada.
Em nota enviada à imprensa nesta quinta-feira, a defesa da petista afirma ser “recomendável a máxima cautela com afirmações de delatores e a necessária checagem de todos os depoimentos e documentos, como medida indispensável para o exercício do contraditório e da ampla defesa, conforme reiteradamente decidido pelo Supremo Tribunal Federal”.

O pedido de Dilma já foi inicialmente rejeitado pelo ministro Herman Benjamin".

A solicitação de autorização para ver a lista aconteceu pela defesa da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nesta quinta-feira (16). A defesa entregou pedido de solicitação ao ministro Herman Benjamin, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), para ter acesso a todos os documentos referentes aos executivos e ex-executivos da #Odebrecht que fecharam acordos de delação premiada e também prestaram depoimentos à Justiça Eleitoral.

 

[Via Agência e Notícias.]

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96