06/06/2016

11:29

Por: Alberto Silva

Vendaval deixa um morto e 50 feridos em Jarinu, na capital já se fala em caos, Campinas foi afetada

Procurada na madrugada desta segunda pela reportagem, a Defesa Civil do município informou que ainda não têm os números de casas atingidas pelo vendaval porque todas as equipes estão nas ruas atendendo a população.

A chuva acompanhada de um vendaval na noite deste domingo (5) deixou um rastro de destruição na cidade de Jarinu (68 km de São Paulo) e matou uma pessoa. No total, cerca de 50 pessoas ficaram feridas.
Segundo prefeito Vicente Candido Teixeira Filho, uma mulher de aproximadamente 40 anos, que estava em um ponto de ônibus, morreu após ser atingida por um raio. O nome da vítima ainda não foi divulgado.

A força do vento foi tão grande que derrubou várias árvores, desabou casas e tombou duas carretas, uma delas carregada com combustível. “O centro da cidade e a parte comercial ficaram destruídos e 50% da cidade está sem energia elétrica”, falou o prefeito.

No bairro Jardim Primavera, ao menos 20 pessoas ficaram feridas, algumas em estado grave, após o desabamento de uma igreja evangélica. Os outros 30 feridos foram registrados em pontos diferentes da cidade.
A prefeitura abriu uma escola na Vila Primavera para receber os moradores desabrigados e lonas foram distribuídas para pessoas que tiveram os telhados danificados.

No bairro Jardim Primavera, ao menos 20 pessoas ficaram feridas, algumas em estado grave, após o desabamento de uma igreja evangélica. Os outros 30 feridos foram registrados em pontos diferentes da cidade. A prefeitura abriu uma escola na Vila Primavera para receber os moradores desabrigados e lonas foram distribuídas para pessoas que tiveram os telhados danificados.

“Assim que amanhecer vamos começar o trabalho de retirada das árvores e vou decretar estado de calamidade pública”, disse o prefeito, que ainda contabilizava na madrugada os prejuízos causados pelo vendaval.
Em Jundiaí, cidade vizinha a Jarinu, os bombeiros informaram que os fortes ventos provocaram quedas de ao menos 50 árvores. No bairro Vale Azul, duas árvores caíram sobre uma casa na rua Oswaldo Húngaro, mas não houve feridos.
Os moradores passaram a noite na casa de vizinhos e a Defesa Civil foi acionada para avaliar os danos provocados na estrutura do imóvel.

Outra árvore caiu e levou junto um poste no km 72 da rodovia rodovia Engenheiro Constâncio Cintra (SP-360), em Jundiaí. Não houve feridos, mas a via ficou interditada por cerca de duas horas, de acordo com a concessionária Rota das Bandeiras, que administra o trecho.

Procurada na madrugada desta segunda pela reportagem, a Defesa Civil do município informou que ainda não têm os números de casas atingidas pelo vendaval porque todas as equipes estão nas ruas atendendo a população.
Já na cidade de Atibaia, os fortes ventos também derrubaram várias árvores e destelharam casas. Não há registros de feridos, segundo os bombeiros.
Também foram registradas quedas de árvores na rodovia Dom Pedro I no km 118, em Valinhos, e no km 65 na cidade de Bom Jesus dos Perdões.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

90