22/09/2016

13:21

Por: Alberto Silva

Vazamento de dados do Yahoo! pode afetar 200 milhões de usuários

Em agosto, o Yahoo! disse estar investigando um ataque cometido por hackers e que teria comprometido 200 milhões de contas de usuários

O Yahoo! estaria se preparando para confirmar nos próximos dias o vazamento de dados de 200 milhões de usuários após um ataque de hackers, afirmam nesta quinta-feira (22) veículos internacionais citando fontes familiarizadas com o caso.

Em agosto, o Yahoo! disse estar investigando um ataque cometido por hackers e que teria comprometido 200 milhões de contas de usuários. Os dados estariam sendo vendidos on-line.

O anúncio pode ter implicações na operação de venda dos negócios de internet do Yahoo! para a operadora de telecomunicações americana Verizon. O negócio, de US$ 4,83 bilhões, foi anunciado em julho.

O ataque à base de usuários do Yahoo! foi divulgado em agosto, quando um hacker de codinome "Peace" (Paz, em inglês) afirmou em um site que estava vendendo acesso a 200 milhões de contas do portal existentes em 2012 por US$ 1.800.

A falha na segurança pode trazer problemas aos novos donos do Yahoo!.

O acordo está próximo de ser concluído, mas as companhias não podem ser integradas antes que a venda seja aprovada por agências regulatórias e pelos acionistas do Yahoo!.

O ataque à base de usuários do Yahoo! foi divulgado em agosto, quando um hacker de codinome “Peace” (Paz, em inglês) afirmou em um site que estava vendendo acesso a 200 milhões de contas do portal existentes em 2012 por US$ 1.800.

Os dados incluiriam nome de usuário, senhas descriptografadas e informações pessoais como data de nascimento e outros endereços de e-mail.

Na época, o Yahoo! disse que estava “ciente” do caso, mas rejeitou dizer se a acusação de vazamento era legítima e ressaltou que estava investigando a denúncia. A empresa, porém, não enviou aos usuários um pedido para que mudassem suas senhas.

Agora, segundo fontes ouvidas pelo site “Recode”, o Yahoo! pode ter que fazer isso, embora talvez já seja tarde demais.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91