11/10/2016

11:21

Por: Anny Grego

Vacina da gripe é mortal, e 48 milhões de pessoas já foram vacinadas

“Eu não tomaria a vacina H1N1 pelo simples risco do síndrome

Esta mensagem anda a circular pela Internet portuguesa, sob o título: “Eu não tomaria a vacina H1N1 pelo simples risco do síndrome GBS”– Neurologista Britânico. Ao que tudo indica, a vacina da gripe é mesmo um VENENO MORTAL!

Um dos possíveis efeitos secundários da vacina H1N1 é o síndrome de Guillian-Barre, a síndrome que matou e incapacitou centenas da Americanos na campanha de vacinação H1N1 em 1979 com 500 casos confirmados deste síndrome, a vacina foi retirada do mercado 10 dias depois após vacinarem 48 milhões de pessoas, tendo feito mais vitimas que o vírus H1N1.

Esta síndrome ataca diretamente o sistema nervoso causando problemas de respiração, paralisia e até a morte. Foi revelado que as vacinas ainda podem conter um outro perigo. Em muitas vacinas produzidas no final dos anos 80 e início dos anos 90 foram utilizados produtos bovinos obtidos em países onde a BSE, encefalite bovina espongiforme (doença da vaca louca), era um risco substancial. Nos EUA, a FDA repetidamente pediu que as indústrias farmacêuticas não utilizassem produtos de gado criado em países onde a vaca louca seja um problema.

Se tomas vacinas contra gripe, estás a ser envenenado por charlatães! Sabemos também que as vacinas contra a gripe contêm produtos químicos neurotóxicos e metais pesados em concentrações alarmantes

Médicos, farmacêuticos e meios de comunicação continuam a mentir sobre mercúrio em vacinas. A grande mídia abandonou completamente a ciência na sua propaganda para impulsionar a vacina contra a gripe, deixando inteiramente de mencionar qualquer um dos riscos associados às vacinas. De acordo com quase todas as histórias publicadas na grande mídia, vacinas contra gripe oferecem uma quase certa proteção contra a gripe enquanto tem risco absoluto zero (o risco nunca é mencionado).

“Não há ensaios controlados” Chocantemente, na própria bula admite que ela nunca foi submetida a ensaios clínicos científicos: “Não houve estudos controlados que demonstrem adequadamente uma diminuição na doença influenza após a vacinação com Flulaval “, afirma o folheto informativo em minúsculo texto (que ninguém lê).

Ela também diz: “A segurança e a eficácia de Flulaval não foram estabelecidas em mulheres grávidas, lactantes ou crianças ” E ainda em todos os lugares , há uma farmácia Walgreens, CVS ou Wal-Mart promovendo vacinas contra a gripe para as mulheres grávidas. A mesma inserção que admite essa vacina nunca foi provada ser segura em crianças ou mulheres grávidas também admite abertamente que ela contém produtos químicos neurotóxicos.

Se tomas vacinas contra gripe, estás a ser envenenado por charlatães! Sabemos também que as vacinas contra a gripe contêm produtos químicos neurotóxicos e metais pesados em concentrações alarmantes. Isso é facto científico irrefutável. Sabemos também que não há forma “segura” de mercúrio assim como não existe forma segura de heroína. Todas as formas de mercúrio são altamente tóxicos quando injetados no corpo (acetato, metil, orgânico, inorgânico). Partilha esta história com os teus amigos e familiares, espalha a verdade!

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91