07/07/2016

07:00

Por: Alberto Silva

URGENTE – 32° Operação da Lava Jato em São Bernardo do Campo, onde Lula reside…

Operação Lava Jato investiga esquema bilionário de lavagem de dinheiro. Ação foi deflagrada em São Paulo, Santos e São Bernardo do Campo.

Policiais federais estão nas ruas desde a manhã desta quinta-feira (7) para cumprir mandados judiciais referentes à 32ª fase da Operação Lava Jato em São Paulo, Santos e São Bernardo do Campo. Ainda não há detalhes sobre os mandados.

A 31ª fase da operação foi cumprida na segunda-feira (4) e mirou as investigações para o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes). Segundo o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF), o Consórcio Novo Cenpes pagou R$ 39 milhões em propina para conseguir um contrato na Petrobras entre 2007 e 2012. Entre os beneficiários do dinheiro estaria uma escola de samba.

O consórcio era composto pela OAS, Carioca Engenharia, Construbase Engenharia, Shahin Engenharia e Construcap CCPS Engenharia.

A operação foi batizada de Abismo e prendeu o ex-tesoureiro do PT Paulo Adalberto Alves Ferreira, que já estava detido desde 24 de junho, quando foi alvo da Operação Custo Brasil, que investiga fraudes no crédito consignado de servidores públicos.

A operação foi batizada de Abismo e prendeu o ex-tesoureiro do PT Paulo Adalberto Alves Ferreira, que já estava detido desde 24 de junho, quando foi alvo da Operação Custo Brasil, que investiga fraudes no crédito consignado de servidores públicos.

Também foram presos os empresários Erasto Messias da Silva Júnior, Genesio Schiavinato Júnior, o ex-executivo da Schahin Engenharia Edson Freire Coutinho e o presidente da Construcap, Roberto Ribeiro Capobianco. Todos foram presos temporariamente

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104