13/10/2016

13:37

Por: Anny Grego

Universal usa dinheiro arrecadado com orgias, bebidas e com troca de casais

Hoje faz vídeos com denúncias, mostrando os bastidores da denominação que pertenceu

Bispo Alfredo Paulo é ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele pertenceu à instituição como pastor durante 30 anos. Hoje faz vídeos com denúncias, mostrando os bastidores da denominação que pertenceu. Recentemente, ele recebeu uma mensagem contando o que aconteceu no Equador.

Segundo ele, havia 3 pastores que praticavam troca de casais em um motel, onde a funcionária era ex-obreira da igreja. Para que ela não contasse a ninguém eles ofereciam dinheiro a ela. Quando pararam de lhe dar dinheiro ela ameaçou contar tudo que sabia. Diante de um possível escândalo, o casal blindado, Renato e Cristiane Cardoso, foram até lá abafar o caso.

A viagem foi divulgada como missionária, mas, na verdade, seria para oferecer mais dinheiro para a testemunha, para que ela não divulgasse na mídia as suas provas. Os pastores foram expulsos, segundo o relato do Bispo Alfredo.

O dinheiro da oferta e dízimo recolhido na denominação serviu para comprar a rede Record de televisão, que financia o programa “A Fazenda”, e outros conteúdos que não tem nada a ver com evangelho de Jesus

Não é primeira vez que essa instituição religiosa se envolve em escândalos. Todos sabemos o volume de dinheiro arrecadado na denominação, mantendo pastores, templos e bispos. Há relatos que o dinheiro arrecadado já foi usado para orgias e bebedices, e agora com troca de casais.

Sabe-se que todos estão sujeitos a erros, mas todos os ofertantes devem acreditar que o dinheiro ofertado é para divulgação do evangelho de Jesus, e isso não é verdade. Os líderes dessa igreja tem ostentado cada vez mais, e os membros ficando cada vez mais pobres.

Bispo Alfredo Paulo afirma que não é a primeira vez que a igreja faz isso. Segundo ele, eles querem abafar escândalos a todo custo, tanto que o canal da instituição, TV Record, nunca noticiou esse tipo de coisa, apenas mostrando o lado bom da igreja.

O dinheiro da oferta e dízimo recolhido na denominação serviu para comprar a rede Record de televisão, que financia o programa “A Fazenda”, e outros conteúdos que não tem nada a ver com evangelho de Jesus. Além de produzirem novelas bíblicas que forem do contexto, se adaptando a séries estrangeiras. Não é o que os pastores têm pregado na hora de pedir dinheiro.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91