11/04/2016

12:46

Por: Alberto Silva

Segurança em Brasília é reforçada, ficará blindada com cerca de dois metros, PM, Força Nacional vão fazer parte.

Mesmo assim, nas entradas do Legislativo, exceto deputados, todos estão sendo obrigados a passar por detectores de metal e aparelhos de escaneamento até o dia 21

O esquema de segurança na Câmara dos Deputados para votação do impeachment já começou a vigorar nesta segunda-feira, quando a comissão especial define posição favorável ou contrária ao afastamento da presidente Dilma Rousseff. Além de um muro de grades e chapas de ferro para separar defensores do governo de apoiadores do impeachment na área externa, só podem acessar o salão verde e o corredor das comissões na Câmara parlamentares, servidores e assessores credenciados previamente. Mesmo assim, nas entradas do Legislativo, exceto deputados, todos estão sendo obrigados a passar por detectores de metal e aparelhos de escaneamento até o dia 21 – normalmente, apenas visitantes são submetidos a fiscalização tão rigorosa. Por determinação da Mesa Diretora, as visitas institucionais foram suspensas, bem como sessões solenes, eventos e reuniões relacionadas ao impeachment e CPIs.(Felipe Frazão, de Brasília)

O bom é que, se algo der errado já estarão todos presos dentro do congresso, ai é só jogar a chave fora

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
94