05/11/2015

12:38

Por: Alberto Silva

QUEBRAR O BRASIL: O OBJETIVO DO GOVERNO PETISTA

A CRIMINOSA ATUAÇÃO DE DILMA E SUA EQUIPE ECONÔMICA, EDITANDO MEDIDAS PROVISÓRIAS EM FAVOR DE AMIGUINHOS E FINANCIADORES DE CAMPANHA – 40 MEDIDAS PROVISÓRIAS – RESULTOU NUM “ROMBO” DE 501 BILHÕES DE REAIS NA ECONOMIA BRASILEIRA. É MUITA IRRESPONSABILIDADE, PARA NÃO DIZER MA FÉ E DESEJO DE QUE O BRASIL QUEBRE PARA VIRAR UM PAISÉCO TIPO CUBA E VENEZUELA.

Um levantamento da Receita Federal mostra que nos quase 5 anos da administração da presidente Dilma Rousseff foram concedidas reduções de impostos que somam R$ 342 bilhões.

Esse valor seria suficiente para cobrir com muita sobra os cerca de R$ 50 bilhões do rombo no Orçamento de 2015. Mesmo que o déficit ultrapasse os R$ 100 bilhões (para cobrir as “pedaladas fiscais”), haveria muita folga.

estudo completo da Receita Federal detalha minuciosamente todas as leis aprovadas desde 2010 e faz projeções para os efeitos até 2018.

Apenas neste ano de 2015, segundo cálculos do Fisco, estima-se uma renúncia de R$ 106 bilhões –impostos que vão deixar de ser recolhidos. Na soma total de isenções, de 2010 a 2018, o valor chega a R$ 501 bilhões.

A informação está publicada n bolg de Fernando Rodrigues Via Cristal Vox

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

100