03/12/2015

10:12

Por: Alberto Silva

PT sem saída vai pedir ao STF afastamento de Cunha por chantagem e abuso

A bancada do PT deve apresentar nesta quinta-feira (3) ao STF (Supremo Tribunal Federal) representação pedindo que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja afastado da presidência da Câmara dos Deputados por chantagem e uso indevido do cargo.

Deputados do partido apresentarão testemunhos e evidências de que Cunha usou o cargo para tentar impedir investigação contra ele no parlamento.

Eles acusarão Cunha de tentar chantagear três parlamentares da legenda que integram a Comissão de Ética da Câmara. O presidente da Câmara teria ameaçado os petistas afirmando que, caso eles votassem pela abertura de processo contra ele, despacharia favoravelmente pela abertura de impeachment contra Dilma Rousseff.

A bancada alegará que ele usa indevidamente o cargo para chantagear não apenas a legenda, mas a própria presidente da República.

“Ele estava claramente chantageando. Não aceitamos a chantagem. No mesmo dia em que anunciamos que votaríamos pela admissibilidade das investigações contra ele, Eduardo Cunha dá seguimento ao impeachment”, diz o deputado Paulo Teixera, vice-líder do partido na Câmara.

“Eduardo Cunha é hoje um homem isolado e desesperado que está tomando medidas impensadas e que não reluta em tentar levar o país ao caos. Mas o Brasil está maduro e não vai permitir”, finaliza o parlamentar.

Cunha não respondeu à coluna.

(Via folhapress e agências)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

105