20/11/2015

10:45

Por: Alberto Silva

Presidente da Samarco pedi Habeas Corpus preventivo

Pedido foi feito após juiz determinar que o executivo fosse detido caso a empresa não cumprisse medidas em função da tragédia em Mariana.

O diretor-presidente da mineradora Samarco, Ricardo Vescovi, conseguiu no Tribunal de Justiça do Espírito Santo um habeas corpus preventivo para que não seja preso pela queda das barragens da empresa no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, no dia 5. Até o momento foram confirmadas sete mortes na tragédia. Doze pessoas estão desaparecidas. A lama atingiu o Rio Doce, que deságua em Regência, distrito de Linhares, no litoral capixaba, onde deve chegar nas próximas horas.

O pedido foi feito na quinta-feira, 12, depois que o juiz da Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Colatina, no Espírito Santo, Menandro Taufner Gomes, determinou que Vescovi fosse preso caso a empresa não cumprisse medidas que deveriam ser tomadas pela Samarco em função da tragédia.

Em nota, a empresa afirmou estar “focada na mitigação das consequências socioambientais com total compromisso perante a sociedade e o meio ambiente, prestando toda a assistência necessária”. “A decisão pela impetração de habeas corpus é técnica, a critério do corpo jurídico da empresa”, informou a Samarco.

(Via Diário do Poder)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
92