14/04/2016

21:05

Por: Alberto Silva

PMDB no comando do Brasil – Eduardo Cunha já prepara destruição dos direitos trabalhistas

A ideia é deixar o trabalhador em condições cada vez mais precárias para aumentar o lucro do empresariado e voltar com a desigualdade social extrema que existia no país.

O impeachment nem saiu ainda e Cunha já bota as asinhas de fora. Ele afirmou hoje, dia 14, que na semana que vem só vai colocar pauta para ser discutida e votada sobre a terceirização. O objetivo claro de acabar com a CLT e a vida dos trabalhadores brasileiros.

Ele foi bem claro na afirmação ao portal Broadcast Político. “A semana toda é só isso na pauta até acabar a votação. Não vota outra coisa, só pautarei isso”, disse o achacador-mor.

O projeto de lei de terceirização mais uma série de emendas devem ir para votação na próxima semana e, caso aprovada, o que é bem provável, os trabalhadores brasileiros podem dizer adeus a direitos como o seguro-desemprego, FGTS, previdência social, salário mínimo e outros.

O projeto de lei de terceirização mais uma série de emendas devem ir para votação na próxima semana e, caso aprovada, o que é bem provável

A ideia é deixar o trabalhador em condições cada vez mais precárias para aumentar o lucro do empresariado e voltar com a desigualdade social extrema que existia no país. Preparem-se, pois o governo Temer começa com tudo.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104