06/10/2016

17:20

Obama declara estado de Alerta e EUA poderá sofrer novamente com maior furacão de todos os tempos, veja …

Jacqueline Brazil gravou vídeo mostrando a mudança do tempo em Miami. Matthew já deixou mais de 100 mortos e deve chegar na sexta aos EUA.

Por: Alberto Silva

A repórter da TV Globo Jacqueline Brazil, que está em Miami, gravou um vídeo no celular mostrando a mudança no tempo e a expectativa dos moradores em relação à chegada do furacão Matthew ao litoral dos Estados Unidos.

A enorme tempestade já atingiu o Haiti, a República Dominicana e Cuba, deixando um rastro de destruição, inundações, milhares de desabrigados e mais de 100 mortos. A previsão é que chegue à costa americana na manhã de sexta-feira, afetando os estados da Flórida, Georgia, Carolina do Sul e Carolina do Norte.

No vídeo, Jacqueline Brazil mostra o céu cinzento coberto de nuvens, o vento forte, o mar agitado e a chuva se aproximando no horizonte.

Moradores temem alagamentos e foram orientados a preparar kits de sobrevivência, com lanternas, velas e alimentos que não precisam ser conservados em geladeira. Em alguns supermercados, já falta água mineral, pães de forma e lanternas maiores.

Moradores temem alagamentos e foram orientados a preparar kits de sobrevivência, com lanternas, velas e alimentos que não precisam ser conservados em geladeira. Em alguns supermercados, já falta água mineral, pães de forma e lanternas maiores.

As autoridades decretaram estado de alerta e a população está proibida de entrar no mar – cujo nível pode se elevar em 90 centímetros, segundo previsões.

Na quarta-feira, o presidente americano Barack Obama alertou para a chegada do furacão no país. Os governos da Flórida, Geórgia, e Carolina do Sul emitiram ordem de evacuação aos moradores do litoral.

“Isso é algo que deve ser levado a sério. Esperamos o melhor, mas queremos nos preparar para o pior”, disse Obama, descrevendo Matthew como uma “tempestade séria” que pode ter um “efeito devastador”.

O governo da Geórgia disse que os meteorologistas preveem que o furacão “se intensifique quando sair das Bahamas em direção à costa da Flórida”.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

89