31/08/2016

13:37

Por: Alberto Silva

O Senado Federal acaba de decidir, Dilma Rousseff está fora da Presidência da República Federativa do Brasil, Impeachment foi aprovado

Dilma Vana Rousseff está fora da Presidência da Republica

O Senador Federal acaba de decidir a saída definitiva de Dilma Rousseff da Presidencia da Republica Federativa do Brasil.
Os votos foram suficientes para ser aprovado o Impeachment.

Citando o argumento da defesa, de que o processo pode ser considerado um golpe, caso haja condenação, a advogada reafirmou que ele segue todos os ritos legais. “Para que o povo brasileiro tenha consciência tranquila de que nada fora do que é legal e do é legítimo está sendo feito nesta oportunidade.”

Acusação:

Segundo a advogada, que se colocou como "defensora do Brasil", o afastamento de Dilma não foi cogitado por "probleminhas contábeis", mas porque ela fez dos brasileiros "vítimas de uma grande fraude". "Esta grande fraude foi, de maneira muito preciosa, apontada pelo procurador do Ministério Público, Ivan Marx."

“Eu finalizo pedindo desculpas para a Senhora Presidente da República não por ter feito o que era devido, porque eu não podia me omitir diante de tudo isso.
Eu peço desculpas porque eu sei que a situação que ela está vivendo não é fácil. Eu peço desculpas porque eu sei que, muito embora esse não fosse o meu objetivo, eu lhe causei sofrimento. E eu peço que ela um dia entenda que eu fiz isso pensando também nos netos dela.”

‘Grande fraude’
Segundo a advogada, que se colocou como “defensora do Brasil”, o afastamento de Dilma não foi cogitado por “probleminhas contábeis”, mas porque ela fez dos brasileiros “vítimas de uma grande fraude”. “Esta grande fraude foi, de maneira muito preciosa, apontada pelo procurador do Ministério Público, Ivan Marx.”

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

97